Reuniões do Conselho

Conselho da Oi (OIBR3) aprova aporte de até R$ 1,5 bi na V.tal para manter plano de negócios; confira outras deliberações

Em outras reuniões, foram deliberadas mudança de diretor estatutário, enquanto o CEO teve o seu mandato renovado

Por  Equipe InfoMoney -

Ata da reunião do último dia 21 de janeiro divulgada nesta semana mostrou que o Conselho de Administração da Oi (OIBR3;OIBR4) aprovou aporte da GlobeNet Cabos Submarinos e de fundos do BTG no valor de até R$ 1,5 bilhão na subsidiária V.tal, de fibra óptica.

A Oi vendeu o controle dos ativos de fibra óptica para o BTG e a Globenet por R$ 12,9 bilhões em leilão em julho de 2021, mas a transação ainda depende de autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A operação de adiantamento dos valores tem como objetivo assegurar a continuidade dos negócios, dado que o Grupo Oi está com caixa baixo enquanto espera pelas aprovações para venda de importantes ativos de forma a restabelecer as reservas.

O contrato, firmado em 1 de outubro de 2021, prevê que seja antecipada a parcela do pagamento para “assegurar a continuidade da execução do plano de negócios da V.Tal”. Assim, a cláusula acionada confere direito à V.tal de receber até R$ 1,5 bilhão.

“O Investidor realizará um desembolso inicial, em favor da V.Tal, no montante de de R$ 607.535.146,00 e mediante solicitação da V.Tal, o Investidor poderá realizar, a seu exclusivo critério, novos desembolsos adicionais em favor da V.Tal, os quais, somados ao Desembolso Inicial, deverão respeitar o Montante Máximo” de R$ 1,5 bilhão, segundo consta no documento da reunião realizada no dia 21 de janeiro.

O valor antecipado será revertido, uma vez concluída a operação de venda, em ações ordinárias repassadas ao BTG e à Globenet. Caso, por algum motivo, a venda não for concluída, a operação será tratada como empréstimo, sendo que o montante será revertido em dívida financeira da V.tal.

Cabe ressaltar que, nesta semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou o pedido de anuência prévia para a venda  da rede móvel da Oi (OIBR3;OIBR4) para a Claro, TIM (TIMS3) e Vivo (VIVT3), após leilão no valor de R$ 16,5 bilhões realizado em dezembro de 2020. Mas houve a imposição de condicionantes para preservar a concorrência no setor.

Na véspera, foi divulgado que o processo de venda da operação móvel é o primeiro item da pauta da sessão de julgamentos do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) marcada para a quarta-feira da próxima semana, 9 de fevereiro.

Outras deliberações

Em outros comunicados, a Oi também divulgou que seu Conselho de Administração da Oi, em reunião realizada na quarta-feira (2), deliberou pelo encerramento do mandato de José Claudio Moreira Gonçalves ao cargo de Diretor estatutário sem designação específica da Companhia.

Na sequência de sua atuação, José Cláudio Gonçalves assumirá responsabilidades executivas relacionadas à operação da Brasil Telecom Comunicação Multimídia S.A. (V.tal), empresa subsidiária da Oi, onde auxiliará no desenvolvimento da infraestrutura de rede neutra em sua nova fase de crescimento.

“A Companhia expressa seu agradecimento ao Sr. José Claudio Gonçalves por sua dedicação e entrega ao longo dos quase 22 anos em que integrou o seu quadro de colaboradores, reconhecendo as contribuições e resultados significativos atingidos pela Oi durante seu mandato, sobretudo no processo de transformação tecnológica e digital da Companhia, quando buscou maior eficiência operacional, otimização de investimentos e melhoria da qualidade dos serviços prestados ao cliente, através da modernização e aumento de capacidade da rede da Oi, e na implantação técnica/operacional do projeto de fibra (FTTH)”, informou em comunicado.

A Oi também divulgou ata da reunião de seu Conselho de Administração realizada em 31 de janeiro que renovou o mandato de seu diretor presidente.

Dessa forma, Rodrigo Modesto de Abreu foi reconduzido ao cargo para um novo mandato de 2 anos.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe