NTFs

Coleção de NFT CryptoPunk vira colar de US$ 50 mil da Tiffany

A coleção de pingentes de diamantes estará disponível exclusivamente para os proprietários da CryptoPunk e é limitada a 250 edições

Por  CoinDesk -

A marca de joias de luxo Tiffany and Co. está inserindo produtos de diamante na coleção de tokens não fungíveis (NFTs) CryptoPunks.

A empresa está vendendo 250 colares personalizados com pingentes incrustados de diamantes por 30 Ethereum (ETH), equivalente a cerca de US$ 50 mil, para os detentores da famosa coleção. De acordo com o site da Tiffany, cada colar incluirá uma combinação de 30 diamantes e pedras preciosas.

Os colares estarão à venda a partir de 5 de agosto e estarão disponíveis apenas para os detentores de CryptoPunk na forma de NFTs resgatáveis pelos colares físicos. A Tiffany terá um lucro líquido de mais de US$ 12 milhões com a venda, podendo lucrar ainda mais com royalties de revenda.

Leia mais:
Criptos são novo tipo de propriedade, defende Comissão no Reino Unido

O lançamento dos produtos é feito em parceria com a startup de criptomoedas Chain, que está cuidando do back-end do lançamento. O CEO da Chain, Deepak Thapliyal, sinalizou a colaboração pela primeira vez por meio de um tweet em julho.

Entusiastas de NFTs no Twitter tiveram reações mistas ao anúncio, com alguns usuários criticando o alto preço do pingente. Outros elogiaram a colaboração como um avanço para a imagem da coleção.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe