“Esquema ponzi”

CEO da Binance processa Bloomberg de Hong Kong por difamação

Esta não é a primeira vez que Zhao e a Binance processam veículos de mídia

Por  CoinDesk -

O CEO da exchange de criptomoedas Binance, Changpeng Zhao, processou na segunda-feira (25) a edição de Hong Kong da Bloomberg Businessweek, alegando difamação em relação a um título traduzido em chinês que retratava o chefe da exchange como o responsável por um “esquema ponzi”.

O processo decorre do perfil de Zhao, publicado em 23 de junho, na Bloomberg Businessweek, que dizia: “O homem mais rico da criptomoeda pode resistir ao frio?”.

Mas, em Hong Kong, a edição local da parceira Modern Media CL modificou a manchete publicada – segundo o representante de Zhao –, para estimular “ódio e desprezo” pelo bilionário cripto mais rico do mundo: “O esquema Ponzi de Zhao Changpeng”.

Zhao exigiu uma retratação, pediu a remoção da edição das bancas e entrou com uma ordem de restrição para impedir que os réus divulgassem ainda mais a capa.

Ele também apresentou uma “moção de descoberta” (que exige a entrega de um determinado material ou informação) contra a Bloomberg L.P. e a Bloomberg Inc. no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York, por “alegações difamatórias” no perfil publicado.

No texto, Zhao discordou da maneira como a Binance foi retratada no artigo, acusando o texto de ser “superficial” por trazer uma citação anônima de um trader que chamou a Binance de “cassino enorme de shitcoin”. Essas declarações “foram obviamente projetadas para enganar os leitores a fazê-los acreditarem” que Zhao está infringindo a lei, afirmam os advogados da empresa na ação.

Outros casos

Essa não é a primeira vez que Zhao processa uma empresa de mídia para proteger a imagem da Binance. Em 2020, a exchange processou a Forbes por alegações difamatórias, mas desistiu da ação no ano passado. Mais tarde, fez um investimento estratégico na empresa, vinculado a um acordo SPAC que acabou fracassando.

Zhao também processou a empresa de capital de risco Sequoia por difamação em 2019.

Os documentos judiciais dos EUA ressaltam o quanto a Binance se dedica para proteger a imagem da empresa perante o público. Eles relatam um vai-e-vem entre as equipes jurídicas que resultou na Modern Media apagando a manchete polêmica e tirando a revista física de circulação no início deste mês.

No entanto, “vários sites online” ainda permaneciam vendendo a edição impressa, afirma o documento, levando Zhao a ir ao tribunal.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe