Cemig aprova programa de demissão voluntária; Vivara muda diretoria e mais notícias

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta quarta-feira (5)

Equipe InfoMoney

Publicidade

O radar corporativo desta quarta-feira (5) tem como destaque a venda de 50% de participação em sete concessões da PetroRecôncavo (RECV3). Além disso, a Auren (AURE3) fechou acordo para a compra da Esfera Energia.

Já a Cemig (CMIG4) aprovou o programa de desligamento voluntário programado (PDVP 2024).

A Vivara (VIVA3), por sua vez, promoveu mudanças em sua alta administração.

Continua depois da publicidade

Baixe uma lista de  10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

Confira mais destaques:

PetroRecôncavo (RECV3)

A PetroReconcavo (RECV3) fechou um contrato de “Farm-out” (transferência de participação) com a Mandacaru Energia para a venda de 50% de sua participação em sete concessões, segundo comunicado enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) nesta terça-feira.

Continua depois da publicidade

As concessões estão localizadas na Bacia Potiguar, no estado do Rio Grande do Norte, sendo elas: Acauã, Baixa do Algodão, Fazenda Curral, Fazenda Malaquias, Pajeú, Rio Mossoró e Três Marias.

A Mandacaru irá pagar US$ 5 milhões, sendo 40% no fechamento da transação e o valor remanescente a ser pago em até dois anos na forma de investimentos nas atividades de desenvolvimento da produção das concessões.


Auren (AURE3)

A Auren (AURE3) fechou acordo para a compra da Esfera Energia, segundo comunicado ao mercado nesta terça-feira. O objetivo da transação é expandir os negócios na área de comercialização de energia. A expectativa é que o negócio seja concluído no segundo semestre.

Continua depois da publicidade

Cemig (CMIG4)

O conselho de administração da Cemig (CMIG4) aprovou o programa de desligamento voluntário programado (PDVP 2024). As adesões ocorrerão até 21 de junho de 2024 ao custo total estimado de R$ 94,9 milhões considerando um total de 430 adesões estimadas de empregados distribuídos entre Cemig, Cemig D e Cemig GT que apresentam condições de adesão, de acordo com as premissas do programa.


Light (LIGT3)

A Light (LIGT3), que está em recuperação judicial, promoveu uma mudança no conselho de suas subsidiárias. Segundo comunicado ao mercado, Renata Yamada Bürkle irá ocupar a vice-presidência do Conselho de Administração da Light SESA e o mesmo cargo no conselho da Light Energia.

A executiva irá ocupar o cargo de Deborah Meirelles Rosa Brasil, que deixa a empresa. Bürkle seguirá como diretora da Light S.A..

Continua depois da publicidade

Vivara (VIVA3)

A Vivara (VIVA3) informou a renúncia de Marina Kaufman Bueno Netto dos cargos de Diretora de Marketing e de Recursos Humanos. Entretanto, ela continuará sua atuação na empresa como membro do Conselho de Administração e em comitês estatutários.

Leonardo Bichara, atual Diretor Executivo de Expansão, assume a cadeira de Diretor Estatutário de Marketing. Já Icaro Borrello, que é o atual Diretor Executivo de Desenvolvimento de Negócios, assume o cargo de Diretor Estatutário sem designação específica. Enquanto Gianpiero Sperati, atual Diretor Executivo de Recursos Humanos, assume a cadeira de Diretor Estatutário de Recursos Humanos.