Temporada de balanços

Camil (CAML3) lucra 68,7% a mais no 4º trimestre e aprova JCP

A Camil aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio no valor de R$ 25 milhões

Por  Equipe InfoMoney -

A Camil (CAML3) registrou lucro líquido de R$ 143,5 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), um crescimento de 68,7% do mesmo trimestre de 2020.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 60,4% no 4T21, totalizando R$ 234,1 milhões.

Já a margem Ebitda atingiu 10,3% nos últimos três meses do ano passado, alta de 2,4 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

A receita líquida somou R$ 2,3 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 23,9% na comparação com igual etapa de 2020.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 52,7 milhões no quarto trimestre de 2021, um crescimento de 115,7% frente a mesma etapa de 2020.

O lucro bruto atingiu a cifra de R$ 425,9 milhões no quarto trimestre de 2021, um aumento de 24% na comparação com igual etapa de 2020. A margem bruta foi de 18,8% no 4T21, mantendo-se estável em relação ao 4T20.

Leia mais:

O Capex foi de R$ 265,5 milhões no trimestre, uma elevação de 236,5% na comparação ano a ano.

A dívida líquida da companhia ficou em R$ 1,633 bilhões no final de dezembro de 2021, uma elevação de 51,2% em relação ao mesmo período de 2020.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 2 vezes em dezembro/21, elevação de 0,6 vez em relação ao mesmo período de 2020.

A Camil aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) no valor de R$ 25 milhões, correspondente ao valor bruto unitário de R$ 0,069680254 por ação.

Terão direito ao JCP todos os acionistas detentores de ações ordinárias de emissão da companhia na data base de 1 de junho de 2022. Os JCP serão pagos no dia 10 de junho de 2022.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe