Associação

Burger King anuncia acordo para assumir operação da Domino’s Pizza no Brasil

Operação da rede de pizzarias no país vai ser incorporada pelo BK Brasil através de uma operação com ações; Vinci passará a ser maior acionista

SÃO PAULO – A BK Brasil (BKBR3), máster franqueada do Burger King e do Popeyes no Brasil, e a Vinci Partners anunciaram nesta sexta-feira (9) o fechamento de um acordo para que o BK assuma a operação da Domino’s Pizza no Brasil.  Com isso, aponta o comunicado, o BK Brasil se tornará o maior operador de fast-food do país.

A Vinci Partners, que é acionista da detentora dos direitos das operações da Domino’s no Brasil (DP Brasil), receberá em conjunto 54.081.596 ações ordinárias de emissão da BK Brasil, nesta data equivalentes a 16,4% do total de ações ordinárias, já considerando o aumento de capital decorrente da incorporação de ações. Com isso, a Vinci passará a ser o maior acionista individual da BK Brasil. Atualmente, a Vinci Capital possui 6,44% de ativos BKBR3 e, com a transação, passará a deter 22,84% de participação.

Na operação, o BK foi avaliado em R$ 3 bilhões, com as ações a R$ 11,12.

A transação, avalia, tem como principal objetivo aumentar a participação da companhia no mercado de alimentação fora do lar em um dos segmentos que mais cresce, bem como acelerar seu processo de transformação digital, presença na jornada do consumidor e capturar sinergias pela escala da operação.

Assim, a marca Domino’s vai passar a integrar o portfólio, resultando em uma empresa com mais de 1.200 restaurantes em todo território nacional.

A associação faz parte dos planos da BK Brasil de se consolidar como o maior operador de fast-food do país, ampliando as opções de escolha dos consumidores e alavancando os resultados da empresa, destaca.

“A estratégia de crescer e ingressar no grande mercado de pizza já vinha sendo estudada há algum tempo e a oportunidade agora nos parece perfeita pelo potencial da marca e por ir na direção das tendências de consumo que vimos serem aceleradas desde o ano passado. A Domino’s é um ícone mundial, referência em pizza, delivery e uso de tecnologia, e estamos muito animados com o potencial desta operação e por passarmos a estar presentes em três categorias importantes dentro de QSR, por seus tamanhos e crescimento: Hambúrguer, Frango e Pizza”, afirma Iuri Miranda, CEO da BK Brasil, que permanecerá à frente da empresa.

Já Fernando Soares, CEO da Domino’s Brasil, apontou que a companhia está entusiasmada “com o potencial desta associação e com as inúmeras possibilidades em impactar positivamente ainda mais nossos colaboradores e consumidores”.

A BK Brasil afirma que, com a associação, terá agora em seu portfólio marcas globais referências dos principais segmentos de QSR (Quick Service Restaurants) no país, como pizza com a Domino’s, frango com o Popeye’s e hambúrguer com o Burger King, criando um ecossistema completo de alimentação para os consumidores e ampliando as ocasiões de consumo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Além de maior conhecimento dos dados sobre o comportamento de compra dos clientes de fast-food, a combinação dos negócios poderá alavancar o conhecimento entre os seus segmentos de atuação – dado que o mercado de pizza no Brasil é mais representativo no consumo em casa e entregue via delivery, enquanto Burger King e Popeye’s são, em sua maioria, consumidos em restaurantes de rua, drive-thru e praças de alimentação em shoppings”, afirma.

A associação entre as empresas ainda será objeto de aprovação pelos acionistas da BK Brasil e da DP Brasil, bem como do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A expectativa é que esse processo seja concluído ainda em 2021.

Quer trabalhar como assessor de investimentos? Entre no setor que paga as melhores remunerações de 2021. Inscreva-se no curso gratuito “Carreira no Mercado Financeiro”.