Bitso+

Bitso lança novo serviço que dá rendimentos de até 15% em Bitcoin e stablecoins

Novo serviço, chamado Bitso+, chega como parte das comemorações de um ano de atuação da corretora no Brasil

Por  Rodrigo Tolotti -

A corretora de criptomoedas Bitso anunciou nesta segunda-feira (9) um novo recurso em sua plataforma para que clientes possam ganhar rendimentos com criptomoedas, com retornos que chegam a até 15% ao ano.

O serviço, chamado de Bitso+, permite que, apenas mantendo criptos em suas carteiras, os clientes possam ganhar um rendimento a mais. A corretora oferece até 15% ao ano em stablecoins de dólar, ou até 6% ao ano com Bitcoin (BTC), sem cobrança de taxas extras ou fidelização.

O novo recurso será integrado automaticamente na versão mais recente do aplicativo da Bitso, e “os clientes poderão fazer com que suas criptomoedas cresçam apenas mantendo-as em sua carteira Bitso”, explica a companhia.

O saldo de Bitcoin e stablecoins de dólar dos clientes na Bitso irá gerar rendimentos, que serão creditados em suas contas a cada semana. Os clientes também poderão revisar seu saldo todos os dias, sem taxas extras ou bloqueios, o que significa que eles podem sacar ou converter suas criptomoedas a qualquer momento. Segundo o site oficial, a corretora oferece suporte para as stablecoins USD Coin (USDC), Pax Dollar (USDP) e Binance USD (BUSD).

“Estou muito entusiasmado em anunciar este marco para o mercado, que ajudará nossos clientes a tornar as criptomoedas ainda mais úteis”, afirma Daniel Vogel, CEO e cofundador da Bitso. “A inflação continua a aumentar globalmente, principalmente na América Latina, e com este novo recurso estamos dando aos nossos clientes e à população latino-americana como um todo uma nova maneira de aumentar seu patrimônio em criptomoedas, apenas deixando seus ativos em sua carteira”.

A novidade ocorre como comemoração do primeiro aniversário da Bitso no Brasil, país que a empresa diz ser como principal foco e que tem mostrado um crescimento acelerado do interesse para criptomoedas.

Nos últimos 6 meses, o número de usuários da exchange de criptomoedas quadruplicou em relação ao primeiro semestre de presença da Bitso no Brasil. Além disso, a empresa já contratou mais de 170 pessoas em todo o país para apoiar a operação local.

“Eu fico muito feliz em lançar Bitso+ aqui no país, pois servirá como importante porta de entrada para muitos novos usuários ao universo cripto, que poderão usar serviços financeiros mais inclusivos e com segurança. Isso abre um mundo de possibilidades a milhões de brasileiros que hoje não têm acesso aos serviços financeiros tradicionais”, diz Thales Freitas, CEO da Bitso no Brasil.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe