Temporada de balanços

Bemobi (BMOB3) vê lucro ajustado mais que triplicar no 4º trimestre; aprova dividendos de R$ 17,8 mi

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 61%, totalizando R$ 42,4 milhões.

Por  Felipe Moreira -

A Bemobi (BMOB3) registrou lucro líquido ajustado de R$ 24,4 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 276% em relação ao mesmo trimestre de 2020, ligeiramente acima das estimativas da XP, que já incorporava um cenário otimista.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 61%, totalizando R$ 42,4 milhões.

Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada atingiu 33,1% no período, baixa de 8,5 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

Leia também:

A receita líquida ajustada total atingiu R$ 128,1 milhões no quarto trimestre de 2021, um crescimento de 102,3% em relação a igual período do ano anterior, quando apresentou uma receita líquida total de R$ 63,3 milhões.

“Apesar do momento de maior instabilidade política e econômica vividos no Brasil e da persistência das dificuldades impostas pelo COVID-19, a companhia apresentou crescimento de receita, com gradual evolução em todas as suas linhas de negócios no business orgânico ao longo desse ano de 2021”, destaca a administração da empresa.

O lucro bruto totalizou R$ 89,5 milhões no 4T21, uma elevação de 102,1% em relação ao mesmo trimestre de 2020, refletindo os ganhos de eficiência em suas operações internacionais, a mudança de mix entre soluções e a adição dos resultados das empresas adquiridas.

Veja também:

A margem bruta foi de 69,8% no quarto trimestre do ano passado, ficando em linha com o indicador alcançado no quarto trimestre de 2020.

No período de 3 meses findo em 31 de dezembro de 2021, o resultado financeiro líquido foi um resultado positivo de R$ 7,5 milhões frente um resultado negativo de R$ 4,0 milhões no mesmo período do ano anterior.

Dividendos

O conselho de administração da companhia aprovou a distribuição de dividendos no valor de R$ 17,8 milhões, equivalentes a R$ 0,201968 por ação.

As ações de emissão da Companhia serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 22 de março de 2022. O pagamento dos referidos dividendos será realizado em 12 de abril de 2022.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe