Radar InfoMoney

BB (BBAS3) e CCR (CCRO3) informam proventos, fundos podem se unir por oferta à Telecom Itália e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo da sessão desta quinta-feira (25)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta sexta-feira (26) traz os pagamentos de proventos por parte do Banco do Brasil (BBAS3), CCR (CCRO3) e Camil (CAML3). 

Uma nova possível à Telecom Itália, controladora da TIM ([ativo=TIMS]), também é destaque. Além disso, a Eletrobras (ELET3;ELET6) pretende levantar R$ 3,5 bilhões com plano de alienação de participações minoritárias.

Enquanto a Petrobras (PETR4;PETR3) informou que o fim de litígio com a CEA vai gerar impacto positivo de R$ 132 milhões no quarto trimestre de 2021.

Confira os destaques:

Banco do Brasil (BBAS3)

O Banco do Brasil (BBAS3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) no valor de R$ 0,17 por ação, perfazendo o montante bruto de R$ 499,3 milhões.

Os proventos serão pagos no dia 30 de dezembro deste ano, com base na posição acionária de 13 de dezembro.

CCR (CCRO3) 

A CCR (CCRO3) aprovou a distribuição de R$ 153,8 milhões em dividendos, correspondentes a R$ 0,0761 por ação.

O pagamento será realizado no dia 15 de dezembro com base na posição acionária de 30 de novembro de 2021. 

Camil (CAML3) 

A Camil (CAML3) aprovou o pagamento do Juros sobre Capital Próprio (JCP) no valor bruto de R$ 0,06 por ação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para receber o provento, o investidor deverá ter posse do ativo até o dia 1º de dezembro. O pagamento será realizado em 13 de dezembro. 

A Camil também realizará a recompra de até 2 milhões de ações ordinárias.

Banco Modal (MODL11)

Em decorrência da recente recompra de units, o Banco Modal (MODL11) informou que o  montante de Juros sobre o Capital Próprio por ação sofreu pequeno aumento em relação ao montante constante no Aviso aos Acionistas datado de 16 de novembro de 2021 e passa a ser equivalente a R$ 0,026274 por ação ordinária e preferencial (R$ 0,078821 por Unit).

Farão jus aos JCP os acionistas constantes da base acionária da companhia em 19 de novembro de 2021. Os JCP aprovados serão pagos a partir do dia 01 de dezembro de  2021.

Tim (TIMS3)

Os fundos de private equity KKR e CVC Capital Partners avaliam a possibilidade de se unirem em uma oferta de compra pela Telecom Italia, controladora da Tim Brasil.

Inter (BIDI11)

O Inter (BIDI11) aprovou a reorganização societária em assembleia realizada nesta quinta-feira (25), com o voto favorável de detentores de mais de 82% das ações em circulação presentes na assembleia.

A operação tem como objetivo migrar a base acionária do Banco Inter S.A. para a Inter Platform Inc., que será listada na Nasdaq. No âmbito da reorganização societária, o acionista do banco pode optar pela conversão de ações em recibos de ações (BDRs) ou pelo exercício de direito de recesso com recebimento em dinheiro (cash-out).

Farão jus ao direito de retirada somente titulares de ações ordinárias do Inter, de forma ininterrupta, desde o final do pregão de 24 de maio de 2021.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia Também: Quais são os próximos passos da migração das ações do Inter (BIDI11)?

Eletrobras (ELET3;ELET6) 

O Conselho de Administração da Eletrobras (ELET3;ELET6) aprovou o Plano de alienação de participações societárias minoritárias. O plano consiste em definir uma lista de participações que serão vendidas pela elétrica. 

A estatal planeja atingir a cifra de R$ 3,5 bilhões em alienações, conforme previsto no Plano Diretor de Negócios e Gestão 2021-2025 (PDNG 2021-2025). 

No entanto, a Eletrobras não divulgou quais companhias farão parte do plano de alienação.

Além disso, a CEEE-T concluiu a transferência das ações da TSLE para a CGT Eletrosul. A CGT Eletrosul pagou R$ 217,5 milhões pela TSLE.

Petrobras (PETR4;PETR3) 

A Petrobras (PETR4;PETR3) informou que o fim de litígio com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) vai gerar impacto positivo de R$ 132 milhões no quarto trimestre de 2021.

Vale (VALE3)

O Conselho de Administração da Vale (VALE3) aprovou ontem (25) Daniel André Stieler como novo membro do conselho. Stieler vai preencher a vacância criada com a renúncia de José Mauricio Pereira Coelho.

Usiminas (USIM5)

O Conselho de Administração da Usiminas (USIM5) aprovou ontem (25) a contratação da KPMG Auditores para auditar as suas demonstrações financeiras de 2022 em diante, nos termos da legislação em vigor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A KPMG substituirá a PWC em função do rodízio de auditores.

Localiza (RENT3)

A Localiza (RENT3) informou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) estar inclinada a se desfazer da marca Unidas para conseguir a aprovação do órgão para o plano de incorporar a locadora ao seu negócio, de acordo com fontes ouvidas pelo Valor.

A companhia ofereceu também vender 30 mil carros para conseguir um veredicto positivo do Cade.

Ser Educacional (SEER3)

A Ser Educacional (SEER3), um dos maiores grupos privados de educação do Brasil, informou que Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou, sem restrições, a aquisição de 100% do capital social da Sociedade Técnica Educacional da Lapa (FAEL).

A transferência efetiva da participação para a companhia e a liquidação financeira do valor da aquisição ainda estão sujeitas ao cumprimento de determinadas condições precedentes.

LPS Brasil (LPSB3)

A LPS Brasil (LPSB3) aprovou ontem (25) o encerramento do programa de recompra de ações por meio do qual foram adquiridas 5 milhões de ações de sua própria emissão, a um preço médio de R$ 3,13.

A companhia também deu início a nova rodada de recompra de até 6 milhões de ações ordinárias de emissão da companhia, que correspondem a 4,07% do total de ações emitidas pela LPS.

Privália

Após cancelar a oferta pública inicial de ações (IPO, da sigla em inglês) em meados de 2021, a Privalia colocou o negócio à venda no país, segundo reportagem do Valor. 

Para isso, a empresa contratou o Itaú BBA para encontrar compradores. Magazine Luiza, Mercado Livre, Americanas, Renner e Dafiti já foram sondados pelos representantes, dizem fontes ouvidas pelo Valor.

Mills (MILS3)

A Mills (MILS3) concluiu ontem (25) a aquisição da totalidade da SK Rental Locação de Equipamentos. A operação está avaliada em R$ 89,1 milhões.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui

Compartilhe