Política

Bancada da bala fecha acordo para mudança de regras para aposentadorias de policiais

O acordo é o mesmo que havia sido anteriormente oferecido pelo governo a corporações policiais na semana passada. Na ocasião, as medidas haviam sido recusadas pelos policiais

Brasília – Plenário da Câmara dos Deputados, durante pronunciamento do Presidente Temer. Foto José Cruz/Agência Brasil

SÃO PAULO – Membros da bancada da segurança pública na Câmara dos Deputados conseguiram, nesta quarta-feira (10), construir um acordo com líderes partidários e governo para que policiais federais, policiais rodoviários federais e policiais legislativos tenham regras mais brandas na reforma da Previdência.

As informações são do site da Folha de S.Paulo. A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata de mudanças no atual sistema de aposentadorias e pensões está sendo analisadas em plenário nesta tarde.

Segundo a publicação, pelo acordo, para quem já está na carreira, a idade mínima de aposentadoria deve ser de 53 anos, se homem, e 52 anos, se mulher, além da previsão de um pedágio de 100% sobre os anos restantes. Já os que ainda vão ingressar nessas carreiras terão de cumprir idade mínima de 55 anos.

PUBLICIDADE

O acordo é o mesmo que havia sido anteriormente oferecido pelo governo a corporações policiais na semana passada. Na ocasião, as medidas haviam sido recusadas pelos policiais. Atualmente, não há idade mínima para que policiais entrem na inatividade, mas há exigência de 30 anos de contribuição para homens e 25 anos para mulheres.

Quer receber as próximas edições do Barômetro do Poder antecipadamente? Insira seu e-mail abaixo e receba com exclusividade o relatório com as projeções dos principais analistas políticos do país: