INFOMORNING Desestatização da Petrobras, resultados de Tim e Ecorodovias: assista ao programa desta terça

Desestatização da Petrobras, resultados de Tim e Ecorodovias: assista ao programa desta terça

Esclarecimentos

Após rumores, Minerva (BEEF3) afirma que não pretende fechar capital; ações fecham em baixa de 11%

Empresa destacou que manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados a respeito deste e de qualquer outro assunto relevante

arrow_forwardMais sobre
webstories minerva_capa
(Arte: Leonardo Albertino)

Após a disparada da véspera, a ação da Minerva (BEEF3) registrou queda expressiva na sessão desta quinta-feira (12), com os papéis fechando em baixa de 11,27%, a R$ 8,82, bem próxima da mínima do dia, de R$ 8,79 (ou baixa de 11,57%).

A companhia foi questionada pela B3 e CVM sobre a forte oscilação de suas ações. Na reta final da sessão da Bolsa na véspera, as ações BEEF3 saltaram e fecharam com ganhos de 14,65% após o Valor noticiar que os controladores da empresa começaram a discutir a possibilidade de fechar o capital da companhia. 

A companhia esclareceu em comunicado que não há nenhum ato ou fato relevante passível de divulgação e que poderia justificar as oscilações na cotação e no volume de negociação das ações de sua emissão.

“A companhia ressalta, contudo, ter tomado conhecimento de notícia veiculada na mídia nesta data sobre supostas discussões envolvendo seu possível fechamento de capital, podendo esses rumores ter contribuído para afetar as negociações e dado ensejo às oscilações verificadas. Nesse contexto, a companhia reforça que não há qualquer informação passível de divulgação sobre o assunto objeto dos rumores e que não pretende fechar o seu capital”, afirmou.

Leia mais: Ações da Minerva saltam na reta final do pregão e fecham em alta de 14,65% com notícia sobre possível fechamento de capital

A Minerva destacou que manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados a respeito deste e de qualquer outro assunto relevante.

Quer fazer perguntas aos CEOs das empresas que se destacam na Bolsa? Acompanhe a série Por Dentro dos Resultados no YouTube do InfoMoney