Fusões e Aquisições

Alliar (AALR3) diz que há conversas com Tanure, mas sem proposta formal

As ações dispararam 22,5% nesta quinta-feira, após notícia de que os controladores teriam aceitado proposta de R$ 20,50 por ação para venda

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Com suas ações disparando 22,5% no pregão desta quinta-feira (18), a Alliar (AALR3) informou em fato relevante, após o fechamento do mercado, que seus controladores não celebraram com Nelson Tanure ou com qualquer pessoa direta ou indiretamente ligada ao empresário “qualquer acordo, seja informal, formal, vinculante ou não-vinculante para a alienação de qualquer número de ações da companhia de sua titularidade.”

O movimento de alta ocorreu após informações da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, divulgadas nesta manhã, de que os controladores da rede de laboratórios teriam aceitado proposta de R$ 20,50 por ação de Tanuere para assumir o controle da empresa. Em outubro, fundos ligado a Tanure chegaram a 27,3% de participação na Alliar.

As ações da companhia terminaram cotadas a R$ 15,17 no pregão desta quinta-feira (18).

“Embora pessoas ligadas ao Sr. Nelson Tanure e os Acionistas Controladores tenham iniciado discussões preliminares, até o momento da resposta, não receberam qualquer oferta formal do Sr. Nelson Tanure, ou de qualquer pessoa direta ou indiretamente ligada ao Sr. Nelson Tanure, para a venda de qualquer número de ações da companhia, exceto pela oferta realizada pela MAM em 21 de outubro de 2021 e rejeitada pelos referidos acionistas (em 27 de outubro)”, informou a Alliar em fato relevante.

Adiamento de assembleia

Adicionalmente, a empresa informou que o seu conselho suspendeu a análise da convocação de assembleia geral extraordinária –  até 19 de novembro – para deliberar, entre outros pontos, sobre a propositura de ação de responsabilidade em face de Sérgio Tufik e Roberto Kalil Issa; assim como destituir e eleger membro do conselho fiscal eleito em procedimento de votação em separado pelos acionistas minoritários titulares de ações ordinárias.

A MAM, gestora de fundos de investimentos com fatia de 29,01% do capital da Alliar, destacou que a suspensão do pedido de convocação terá prazo de 60 dias, “suspendendo-se, em consequência, a contagem do prazo de convocação da respectiva assembleia”.

Disputa entre Tanure e Rede D’Or

No final de agosto, a Rede D’Or São Luiz informou que o seu Conselho de Administração desistiu de fazer o lançamento de uma oferta pública voluntária (OPA) visando à aquisição da totalidade das ações de emissão da Centro de Imagem Diagnósticos, Alliar (AALR3).

A Rede D’Or (RDOR3) justificou a desistência tendo em vista a ocorrência de eventos que resultaram na “impossibilidade lógica de uma oferta para aquisição” do controle da Alliar e na alteração das demais premissas da OPA.

Neste caso, entenda-se a entrada de Tanure na disputa pelo controle da companhia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CDB com 300% do CDI? XP antecipa Black Friday com rentabilidade diferenciada para novos clientes. Clique aqui para investir agora!

Compartilhe