Alta de juros

Ainda há mais aperto monetário a ser implementado, diz economista-chefe do BoE

Huw Pill afirmou que a inflação no Reino Unido é o maior desafio que o comitê de política monetária do BoE teve de enfrentar no último quarto de século

Por  Estadão Conteúdo -

O economista-chefe do Banco da Inglaterra (BoE na sigla em inglês), Huw Pill, disse nesta sexta-feira (20) que ainda há mais aperto monetário a ser implementado pela instituição.

Pill afirmou, em discurso durante evento organizado pelo ACCA Cymru Wales, que a alta da inflação no Reino Unido é o maior desafio que o comitê de política monetária do BoE teve de enfrentar no último quarto de século.

Leia também:

A meta de inflação do BoE é de 2%, e o comitê prevê que a inflação britânica chegará a dois dígitos no quarto trimestre (e que o PIB vai ter uma contração em 2023).

Para o economista-chefe do Banco da Inglaterra, a inflação continuará elevada durante boa parte do próximo ano, o que torna “óbvio” o potencial de efeitos secundários nos salários domésticos e nos preços.

O economista-chefe disse também que o BoE ainda não tomou uma decisão sobre começar a vender Gilts (como são conhecidos os bônus do governo britânico).

Ainda não investe no exterior? Estrategista da XP dá aula gratuita sobre como virar sócio das maiores empresas do mundo, direto do seu celular – e sem falar inglês

Compartilhe