Em mercados / acoes-e-indices

Petrobras perde processos de R$ 7 bilhões no Carf, CEO da BB Seguridade renuncia e mais notícias

Confira os destaques corporativos desta quarta-feira (28)

Petrobras 5
(Divulgação/Petrobras)

SÃO PAULO - No radar InfoMoney desta quarta-feira (28), a Petrobras (PETR3; PETR4) tem um noticiário agitado, marcado pela decisão desfavorável à companhia em processos de R$ 7 bilhões no Carf, pela manutenção do plano de retomar a unidade da Replan ainda neste mês e por apresentar em outubro uma produção de petróleo e gás de 2,66 milhões de boed (barris de óleo equivalente por dia). A notícia pode impactar as ações da estatal.

Ainda nos destaques, CEO da BB Seguridade renuncia, BMG segue com IPO e busca R$ 2 bilhões, Unidas aprova oferta pública de 38 milhões de ações e mais notícias. Confira essas e mais notícias no radar corporativo desta quarta-feira:

Petrobras (PETR3; PETR4)

A Petrobras saiu derrotada em dois processos ontem no Carf (Conselho de Administração de Recursos Fiscais). Os casos totalizam o valor aproximado de R$ 7 bilhões e envolvem a incidência de Cide e PIS/Cofins sobre remessas ao exterior para pagamentos de afretamento de embarcações para exploração de petróleo.

Ainda na última terça-feira (27), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), encerrou a sessão deliberativa que tinha como pauta principal o projeto que revisa a cessão onerosa da Petrobras.

A ideia inicial era que o tema fosse colocado em votação ontem, mas a equipe econômica do governo Michel Temer resiste em fechar negociação sobre o assunto. Com isso, a pauta deve ser retomada na sessão desta quarta-feira (28).

Eunício deixou o Plenário sem falar com a imprensa. Antes do início da sessão, ele dizia que estava "muito próximo" de fechar um acordo com o governo para colocar a cessão onerosa em votação. O presidente do Senado evitou falar sobre os termos da negociação, mas a condição para a apreciação do projeto é a Casa Civil editar uma Medida Provisória que destinará 20% do bônus da cessão onerosa para estados e municípios.

Também no radar da estatal, a companhia planeja retomar a unidade da Replan ainda neste mês, além de uma unidade de destilação atmosférica em janeiro. A Replan foi afetada por um incêndio em 20 de agosto.

De acordo com a Petrobras, a produção total no Brasil e no exterior somou 2,66 milhões de barris de óleo equivalente por dia, alta de 8% em relação ao mês anterior, com impulso de uma nova plataforma no pré-sal, dentre outros fatores. Houve, porém, queda de 4% na comparação com o mesmo período do ano passado.

BB Seguridade (BBSE3)

Antônio Maurício Maurano, CEO da BB Seguridade e membro do conselho de administração, renunciou aos cargos na última terça-feira. No lugar, Werner Romera Süffertt, atual Diretor de Gestão Corporativa e Relações com Investidores, foi eleito pelo conselho para acumular interinamente a função de diretor-presidente da companhia.

Unidas (LCAM3)

O conselho da Unidas aprovou a emissão primária de 31 milhões de ações ordinárias e a venda de pelos menos 7 milhões de ações detidas por Patria Pipe FIA. O Itaú BBA será o coordenador-líder, mas o Citigroup, Banco do Brasil, Bradesco BBI e JP Morgan também atuarão como coordenadores.

Seja sócio das maiores empresas da Bolsa com taxa ZERO de corretagem: abra uma conta na Clear

Pela cotação atual, a oferta seria de R$ 1,24 bilhões; o preço por ação na oferta será definido em bookbuilding no dia 13 de dezembro. Os recursos líquidos oriundos da oferta primária serão usados para aquisição de novos veículos para aumentar a frota e para o aprimoramento dos serviços prestados a clientes.

Notre Dame Intermédica (GNDI3)

A companhia alterou a data, de 6 para 7 de dezembro, para início das negociações das ações da oferta primária e secundária. Todos os demais termos, informações e condições sobre a oferta permanecem inalterados.

Saraiva (SLED4)

A Justiça deferiu o processamento da recuperação judicial da companhia, que acumula dívidas de R$ 675 milhões. Entre as decisões, a 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central da Comarca de São Paulo determinou que a companhia apresente um plano de recuperação judicial no prazo de 60 dias corridos.

Segundo comunicado, foi determinada a suspensão de todas as ações e execuções atualmente em curso contra a empresa, pelo prazo de 180 dias corridos. Além disso, Lucon Advogados foi nomeada para atuar como administradora judicial no processo.

Cemig (CMIG4)

A companhia reapresentou "de forma espontânea" as informações trimestrais da Cemig e da Cemig Distribuição por "divergência identificada na forma de contabilização da amortização de determinados ativos e passivos financeiros da concessão. Os ajustes representam um aumento da receita líquida da Cemig Distribuição. Confira:

2º trimestre de 2018:
Receita Líquida: R$ 5,61 bilhões
Lajida (Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização): R$ 883,5 milhões
Prejuízo líquido: R$ 10,9 milhões

3º trimestre de 2018:
Receita líquida: R$ 6,25 bilhões
Lajida: R$ 902,3 milhões
Lucro líquido: R$ 244,5 milhões

IPOs

O Banco BMG segue com IPO e, de acordo com o jornal Valor Econômico, a oferta primária e secundária de ações preferenciais deve movimentar cerca de R$ 2 bilhões. O banco reduziu a avaliação de preço e deve realizar a listagem no início de dezembro. 

Com Agência Estado

Invista seu dinheiro com taxa ZERO de corretagem: abra uma conta na Clear

 

Contato