Em mercados / acoes-e-indices

Dólar cai até R$ 3,67 e Ibovespa sobe 1% com otimismo na reta final da eleição

Bolsonaro aparece entre 58% e 64% da preferência do eleitorado, dependendo do levantamento

Bolsonaro
(Fernando Frazão/Agência Brasil)

SÃO PAULO - O otimismo do mercado financeiro com as eleições com Jair Bolsonaro (PSL) se mantendo à frente de Fernando Haddad (PT) nas pesquisas eleitorais dá o tom dos negócios nesta segunda-feira (22). O movimento positivo da bolsa na China também contribui para a alta por aqui. 

Às 13h11 (horário de Brasília), o Ibovespa avançava 1,26%, a 85.284 pontos. O contrato de dólar futuro com vencimento em novembro tinha queda de 0,89%, cotado a R$ 3,684, e o dólar comercial recuava 0,86%, para R$ 3,680.

As taxas dos juros futuros recuam diante da proposta de Bolsonaro para a independência formal do Banco Central e indicações de nomes para presidir a autoridade monetária. A equipe de Bolsonaro já sinalizou que gostaria de manter no comando do banco o atual presidente, Ilan Goldfajn. Se isso não for possível, um nome que começou a surgir foi o de Luiz Fernando Figueiredo, ex-diretor da instituição entre 1999 e 2003.

"A falta de um plano de governo, assim como mensagem clara em relação às reformas preocupa, mas a expectativa é que a visibilidade nesses campos melhore após o segundo turno", afirma o time da XP Política em relatório enviado a clientes nesta manhã.

Nas pesquisas, Bolsonaro aparece entre 58% e 64% da preferência do eleitorado, dependendo do levantamento. Segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (22), o deputado federal tem 57% dos votos válidos, contra 43% do ex-prefeito paulistano. Veja aqui a pesquisa completa

A hora de investir em ações é agora: abra sua conta na Clear com taxa ZERO de corretagem!

No exterior, o preço do barril de petróleo brent, que chegou a superar os US$ 80 mais cedo puxado pelo nervosismo com o agravamento da crise diplomática entre a Arábia Saudita e o Ocidente, diminuiu os ganhos e agora opera próximo à estabilidade. Vale ressaltar que os sauditas têm planos de aumentar a produção, o que ajudou a conter os preços das commodities.

As sanções contra as exportações de petróleo do Irã devem começar em 4 de novembro e a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China está afetando a perspectiva da demanda de 2019.

Destaques da Bolsa

O minério de ferro teve expressiva alta, com o Qingdao registrando ganhos superiores a 2%, o que impulsiona os papéis da Vale (VALE3) para uma alta de mais de 2%. As ações da Petrobras (PETR3; PETR4) ignoram preço do petróleo e seguem de olho na reta final da corrida eleitoral. 

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CYRE3 CYRELA REALTON 13,23 +5,25 +4,11 24,19M
 USIM5 USIMINAS PNA 10,18 +4,95 +12,36 106,74M
 VVAR11 VIAVAREJO UNT N2 14,13 +4,51 -42,19 27,02M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON 35,06 +3,57 +71,02 94,37M
 GGBR4 GERDAU PN 15,64 +3,51 +28,29 99,47M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CCRO3 CCR SA ON 10,59 -1,94 -33,35 69,45M
 BRKM5 BRASKEM PNA 53,53 -1,51 +30,25 29,12M
 EMBR3 EMBRAER ON 18,49 -1,44 -7,05 31,38M
 ABEV3 AMBEV S/A ON 16,66 -1,19 -20,78 188,41M
 CSAN3 COSAN ON 37,10 -1,07 -8,04 32,07M
* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)

 

 

Contato