Em mercados / politica

Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro lidera com 57% dos votos válidos, contra 43% de Haddad

Levantamento confirma favoritismo de Bolsonaro em eleição presidencial. Haddad lidera em rejeição

Bolsonaro e Haddad

SÃO PAULO - A seis dias do segundo turno, Jair Bolsonaro (PSL) mantém confortável vantagem sobre Fernando Haddad (PT) na corrida presidencial. Segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (22), o deputado federal tem 57% dos votos válidos, contra 43% do ex-prefeito paulistano. A margem máxima de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Considerando os votos totais, Bolsonaro tem apoio de 48,8% do eleitorado, ao passo que 36,7% indicam voto em Haddad. Votos em branco e nulos somam 11%, enquanto 3,5% se dizem indecisos. Esta é a primeira pesquisa CNT/MDA para a corrida presidencial divulgada após o primeiro turno. No último levantamento, feito nos dias 4 e 5 de outubro, Bolsonaro tinha 45,2% das intenções de voto na simulação de segundo turno com Haddad, que tinha 38,7%. Os "não votos" somavam 16,1%.

A nova pesquisa também mostrou elevado grau de cristalização do apoio aos candidatos entre seus eleitores. 91,1% daqueles que hoje declaram apoio a Bolsonaro dizem que a decisão é definitiva, enquanto apenas 8,9% admitem a possibilidade de mudança. O resultado é similar ao de Haddad, que tem 91,3% de seus eleitores decididos e 8,7% ainda não totalmente convencidos.

Haddad lidera em rejeição

Os eleitores também foram questionados sobre o potencial de voto e rejeição aos candidatos. Do lado de Bolsonaro, 54,7% dizem que poderiam votar nele, ao passo que 42,7% rejeitam tal hipótese e 1,1% dizem não conhecê-lo. Já Haddad tem potencial positivo entre 45,9% dos eleitores, ao passo que sua taxa de rejeição é de 51,4%.

cntmda
Fonte: CNT/MDA (BR-00346/2018)

Metodologia

A 141ª pesquisa CNT/MDA foi feita nos dias 20 e 21 de outubro, ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades da Federação, e tem margem de erro máxima de 2,2 pontos percentuais para cima ou para baixo. O nível de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o código BR-00346/2018.

 

Contato