Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa "ignora" exterior e sobe 1,8% com bom humor após pesquisas; dólar cai para R$ 4,12

Wall Street azedou na reta final do pregão e fechou em queda com a notícia de que Trump irá fazer um anúncio sobre a China ainda hoje

Investidor comemorando
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Se descolando do movimento negativo nos Estados Unidos, o Ibovespa ganhou força na reta final do pregão desta segunda-feira (17), fechando com forte alta de quase 2%, com o mercado ainda de olho no cenário eleitoral, com duas novas pesquisas divulgadas nesta manhã, ambas mostrando Jair Bolsonaro (PSL) na liderança isolada e com Fernando Haddad (PT) tendo um rápido crescimento.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

O benchmark da bolsa brasileira fechou com ganhos de 1,80%, aos 76.788 pontos. Este é o maior patamar do Ibovespa desde 29 de agosto e a maior alta diária desde o dia 27. O volume financeiro atingiu R$ 12,273 bilhões, em dia de exercício de opções sobre ações, que por sua vez movimentou R$ 3,384 bilhões. 

O dólar comercial, por sua vez, teve queda de 1,00%, cotado a R$ 4,1252 na venda, acelerando as perdas no fim do dia após a notícia de que Donald Trump irá fazer um anúncio sobre a China logo após o pregão de hoje, o que derrubou os índices em Wall Street.

Trump voltou a defender sua estratégia de impor tarifas sobre importações norte-americanas. Segundo ele, esse expediente coloca seu país em uma posição de força para negociar com outras nações. Em postagens em seu perfil no Twitter, Trump reiterou que aqueles que não oferecerem acordos "justos" aos americanos devem sofrer novas tarifas. As mensagens são divulgadas em meio à expectativa sobre se Trump levará adiante a ameaça de impor tarifas sobre mais US$ 200 bilhões em produtos da China.

No mercado doméstico, faltando pouco mais de 20 dias para o primeiro turno, no dia 7 de outubro, e com a consolidação de Jair Bolsonaro (PSL) na liderança, a principal expectativa é com quem ficará a segunda vaga para disputar o Planalto. Segundo pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta segunda, o deputado mantém a liderança da corrida presidencial, com 28,2% das intenções de voto no cenário estimulado.

O parlamentar é seguido por Fernando Haddad (PT), que tem 17,6% e já não mais está tecnicamente empatado com Ciro Gomes (PDT), que tem 10,8%. A margem máxima de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais. Em terceiro lugar, tecnicamente empatados, aparecem o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), com 6,1% das intenções de voto; a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 4,1%; e o empresário João Amoêdo (Novo), com 2,8%. Veja a pesquisa completa aqui

Mais cedo, levantamento feito pelo FSB/BTG Pactual entre os dias 15 e 16 de setembro com 2000 eleitores, apontou que, na intenção de votos estimulada - em que há o cenário apenas com Fernando Haddad como substituto de Lula, Jair Bolsonaro passou de 30% de intenção de voto no levantamento anterior para 33%. Enquanto isso, Haddad ultrapassou Ciro Gomes numericamente com um salto de 8% para 16%, mas empatado ainda tecnicamente com o candidato do PDT, que foi de 12% para 14% em uma semana.

No âmbito econômico, o IBC-Br, considerado uma prévia do PIB, avançou 0,57% na passagem de junho para julho, ajustada a sazonalidade, conforme divulgado nesta pelo Banco Central. O resultado veio acima do esperado pelo mercado. Na comparação anual, houve avanço de 2,56%, superior ao esperado (1,90%). "Esse resultado surpreendeu, mas outros indicadores de atividade divulgados anteriormente indicam um crescimento do PIB de 0,3% no terceiro trimestre", afirmam os analistas do Bradesco BBI.

Destaques de ações
As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 USIM5 USIMINAS PNA 7,61 +8,71 -16,01 162,15M
 VVAR11 VIAVAREJO UNT N2 16,19 +7,93 -33,76 80,48M
 GOLL4 GOL PN N2 10,01 +7,29 -31,44 87,80M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON 25,65 +6,88 +25,12 35,62M
 BRFS3 BRF SA ON 21,85 +6,64 -40,30 160,81M

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 KLBN11 KLABIN S/A UNT N2 20,59 -1,48 +19,90 61,61M
 SUZB3 SUZANO PAPELON 51,40 -1,15 +176,34 235,21M
 NATU3 NATURA ON 27,95 -0,53 -14,63 25,21M
 FIBR3 FIBRIA ON 76,60 -0,52 +61,16 162,66M
 BBSE3 BBSEGURIDADEON 23,26 -0,39 -12,93 56,60M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN N2 19,40 +3,25 1,36B 1,00B 50.706 
 VALE3 VALE ON 55,04 -0,29 644,59M 712,56M 21.198 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN 43,13 +2,37 438,14M 477,25M 22.867 
 BBAS3 BRASIL ON EJ 28,45 +3,42 399,37M 330,56M 21.398 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 18,36 +0,71 287,32M 267,97M 19.173 
 BBDC4 BRADESCO PN 28,50 +2,85 266,93M 333,99M 22.619 
 SUZB3 SUZANO PAPELON 51,40 -1,15 235,21M n/d 17.830 
 PETR3 PETROBRAS ON N2 22,47 +2,14 164,68M 208,11M 9.630 
 FIBR3 FIBRIA ON 76,60 -0,52 162,66M 170,49M 7.895 
 USIM5 USIMINAS PNA 7,61 +8,71 162,15M 94,12M 18.629 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
IBOVESPA

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

Contato