Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa sobe à espera de novos capítulos nas eleições e de olho em tensão global

Ibope e o Datafolha cancelaram ou suspenderam a divulgação de novos dados esperados para esta semana

Gráfico de ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Após duas quedas consecutivas, a Bolsa brasileira mantém o patamar positivo nesta quarta-feira (5) com o mercado global em queda e o dólar em alta, em meio a turbulências externas com os emergentes, tensões comerciais com os Estados Unidos e a incerteza eleitoral no Brasil, que ganhou um novo capítulo na véspera.

Às 16h35 (horário de Brasília), o Ibovespa tinha alta de 0,68%, aos 75.221 pontos. O contrato do dólar vencimento em outubro caía 0,59%, cotado a R$ 4,147, e o dólar comercial recuava 0,46%, para R$ 4,13 na venda. No cenário internacional, o dólar volta a se fortalecer contra a maioria das moedas emergentes, com perdas novamente lideradas pelo rand, após PIB sul-africano na véspera mostrar o país em recessão - ainda que contração possa ser apenas técnica. 

As taxas do contratos futuros devolvem a alta inicial e ensaiam queda marginal, com reversão da valorização do dólar ante o real e outros pares. 

Atenção para a notícia de que o Ibope e o Datafolha, dois dos mais importantes pesquisadores do país, cancelaram ou suspenderam a divulgação de novos dados esperados para esta semana; o Ibope decidiu não publicar sua pesquisa na noite de ontem, e está aguardando que o tribunal eleitoral decida se pode divulgar a pesquisa, enquanto o Datafolha cancelou o registro.  Novos levantamentos serão divulgados na próxima segunda-feira (10), contudo, a notícia da véspera aumenta a incerteza do mercado, já que os traders não conseguem avaliar adequadamente os cenários potenciais. 

Sobre o imbróglio da candidatura do PT, o jornal Folha de S.Paulo informa que o anúncio de Fernando Haddad como substituto de Lula será feito em Curitiba, onde Lula está preso há quase cinco meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no dia 11 de setembro.

Leia também: Por que Lula ainda não foi substituído por Haddad na eleição?

Ainda na cena eleitoral, o Ministério Público de São Paulo ajuizou ação de improbidade administrativa contra o ex-governador do estado e candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) e pede a suspensão dos direitos políticos. Segundo o inquérito civil, o tucano aceitou pelo menos R$ 8,3 milhões da Odebrecht em 2014 para financiar sua campanha à reeleição por meio de caixa dois.

No radar dos investidores estão também as negociações comerciais entre os Estados Unidos e o Canadá, que devem ser retomadas após o fracasso em chegar a um acordo na semana passada. Além disso, o presidente Donald Trump questiona conselheiros se seria positivo provocar um ‘shutdown’ em outubro para obter dinheiro para o muro na fronteira mexicana, embora republicanos no Congresso argumentem que um fechamento de operações do governo antes das eleições poderia trazer um revés ao partido. 

No mercado de commodities, o preço do petróleo do tipo Brent recua para o patamar de US$ 77 com o enfraquecimento da tempestade tropical Gordon que chega à costa do Golfo do México, reduzindo sua ameaça à produção local. 

Quer proteger seus investimentos das incertezas das eleições? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

Destaques da Bolsa

As ações da Smiles são o destaque de baixa, com os investidores repercutindo potencial cenário negativo para a empresa após a Latam decidir não renovar o contrato com a Multiplus e fechar o capital da empresa. Do outro lado, os papéis da Suzano operam em alta com a decisão da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) de rejeitar pedidos para interromper o prazo de convocação de um assembleia de acionistas da Fibria, marcada para 13 de setembro, para deliberar sobre fusão das empresas. 

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 SUZB3 SUZANO PAPELON 54,03 +7,22 +190,48 392,89M
 B3SA3 B3 ON 21,73 +3,92 -3,19 139,69M
 MGLU3 MAGAZ LUIZA ON 122,01 +3,40 +52,51 181,07M
 CMIG4 CEMIG PN 7,27 +2,97 +12,47 66,22M
 BBSE3 BBSEGURIDADEON 24,85 +2,69 -6,98 54,82M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 SMLS3 SMILES ON 47,40 -7,96 -34,27 83,84M
 RADL3 RAIADROGASILON 72,54 -3,46 -20,64 52,27M
 VVAR11 VIAVAREJO UNT N2 14,67 -2,78 -39,98 51,71M
 TIMP3 TIM PART S/AON 11,97 -2,21 -7,05 48,02M
 UGPA3 ULTRAPAR ON 39,33 -1,82 -46,26 60,44M
* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)

Quer proteger seus investimentos das incertezas das eleições? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

Contato