EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa sobe 1,65% e tem 5ª alta semanal seguida de olho na política; dólar vai a R$ 3,71

Índice sustentou ganhos nesta sexta e fechou em alta de 0,58% apesar de forte queda em Wall Street após chegar a subir 1% com bom humor doméstico

Ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Ibovespa chegou a perder força durante a tarde desta sexta-feira (27), mas conseguiu se manter no positivo apesar da pressão externa em dia de nova derrocada das ações de tecnologia - lideradas pelo Twitter, que desabou 20% após resultado. Porém, a pesquisa eleitoral XP/Ipespe, com Geraldo Alckmin (PSDB) atingindo seu maior patamar já registrado em intenções de voto, animou os investidores e sustentou a valorização da bolsa.

O benchmark da bolsa brasileira fechou com ganhos de 0,58%, aos 79.669 pontos, com alta acumulada de 1,65% em sua quinta semana positiva seguida. O volume financeiro nesta sexta ficou em R$ 8,64 bilhões. Enquanto isso, o dólar comercial teve queda de 0,77%, cotado a R$ 3,7179 na venda, encerrando a semana com perdas acumuladas de 1,48%.

Na semana em que formalizou uma aliança com os partidos do chamado centrão, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) atingiu seu maior patamar em intenções de voto em mais de dois meses. É o que mostra pesquisa feita pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) entre 23 e 25 de julho, a décima por encomenda da XP Investimentos. O estudo tem margem máxima de erro de 3,2 pontos percentuais, para cima ou para baixo.

Segundo o levantamento, o tucano chega a marcar 10% em dois dos quatro cenários de primeiro turno testados e não aparece mais numericamente atrás do ex-governador do Ceará Ciro Gomes, nome recém-confirmado pelo PDT para a disputa. É a primeira vez que isso ocorre nas pesquisas XP/Ipespe, realizadas semanalmente desde 15 de maio. Excluindo a simulação que considera a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (tida como improvável), Alckmin ocupa a segunda posição no primeiro turno em todos os demais cenários, tecnicamente empatado com outros candidatos, mas numericamente atrás da ex-senadora Marina Silva (Rede).

Veja mais:
- Alckmin cresce no Sudeste e chega a 10% pela primeira vez, mostra XP/Ipespe
- Por que Alckmin cresceu na pesquisa XP/Ipespe?
- Ações vão de alta de 4% a baixa de 6% em reação a balanços; Petrobras e Vale sobem 1%

Contribuiu para a melhora do desempenho do tucano, dentro da margem de erro, em todos os cenários avaliados, um apoio maior entre eleitores do Sudeste, com maior nível de escolaridade e no grupo com idade entre 35 e 54 anos. Para exemplificar, na simulação que considera o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) candidato, as intenções de voto de Alckmin no Sudeste foram de 12% uma semana atrás para 15%. Entre eleitores com Ensino Superior, o tucano foi de 8% para 13%, ao passo que no grupo com Ensino Médio completo, seu desempenho foi de 6% para 8%. Veja os detalhes dos votos de cada candidato clicando aqui.


PIB dos EUA

A economia dos Estados Unidos cresceu 4,1%, em taxa anualizada, na primeira prévia do PIB refente ao segundo trimestre deste ano, segundo dados do Departamento de Análise Econômica norte-americano publicado na manhã desta sexta-feira. O resultado foi o melhor para um período de três meses desde 2014, com destaque para o forte aumento das exportações, que tiveram alta de 9,3%.

Clear oferece a menor corretagem do Brasil para você investir; Clique aqui e abra sua conta

O resultado ficou ligeiramente abaixo do esperado pelo mercado, uma vez que os analistas projetavam crescimento de 4,2% na comparação trimestral. Além disso, foi realizada uma revisão do PIB do primeiro trimestre de um crescimento de 2% para 2,2%.

Temporada de resultados

A Usiminas (USIM5) teve no segundo trimestre prejuízo de R$ 19 milhões, revertendo lucro de R$ 175,7 milhões em igual período de 2017 em meio à alta de 61,4% das despesas financeiras, para R$ 276,5 milhões. De acordo com o BTG Pactual, o resultado foi mais fraco, abaixo das expectativas, mas também bem poluído. O Ebitda veio em R$ 519 milhões, 4% abaixo da estimativa do banco sendo que, ajustado por não recorrentes, resultado melhora mas ainda fica aquém do potencial em R$ 581 milhões. Os preços de aço vieram melhores, com receita por tonelada doméstica subindo 7% na base trimestral; porém, os volumes decepcionaram com queda de 10% na base trimestral e 5% abaixo das estimativas do banco (naturalmente impactadas fortemente pela greve dos caminhoneiros).

A Lojas Renner (LREN3) registrou um lucro líquido de R$ 274,7 milhões no segundo trimestre deste ano, um avanço de 41,9% em comparação ao resultado do mesmo período do ano passado. Segundo a empresa, o número refletiu melhoras operacionais que elevaram a margem bruta, combinada a menor despesas financeiras e depreciação. No mesmo setor, a Hering (HGTX3) reportou queda nas principais linhas do balanço, em comparação ao mesmo período do ano passado. Para a equipe do Bradesco, a Hering sofreu mais do que suas concorrentes no período, devido ao seu modelo de vendas a lojas multimarcas - na visão do Brasil Plural, é algo que “a empresa parece ainda estar tentando consertar”.

A Localiza (RENT3) registrou lucro líquido de R$ 141,9 milhões no segundo trimestre de 2018, valor 9,7% maior que os R$ 129,3 milhões apurados um ano antes. No acumulado do primeiro semestre, o lucro da companhia chegou a R$ 317,9 milhões, um crescimento de 27,4% em relação ao ano passado. Segundo o Itaú BBA, a companhia registrou forte crescimento, mas os números foram afetados pela greve dos caminhoneiros e por provisões adicionais para a participação nos lucros. 

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CSNA3 SID NACIONALON 9,30 +7,39 +10,98 159,28M
 GOAU4 GERDAU MET PN 7,87 +4,65 +36,62 69,80M
 GGBR4 GERDAU PN 16,84 +3,57 +36,92 144,22M
 SANB11 SANTANDER BRUNT 36,00 +2,56 +15,81 112,73M
 BRAP4 BRADESPAR PN 32,06 +2,46 +15,71 26,05M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 LREN3 LOJAS RENNERON 30,55 -3,29 -13,55 118,23M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON 28,58 -2,62 +39,41 36,20M
 RENT3 LOCALIZA ON 24,82 -2,40 +12,77 155,94M
 FLRY3 FLEURY ON 27,40 -1,76 -4,90 49,85M
 SBSP3 SABESP ON 25,52 -1,58 -23,45 43,06M
* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)



Cenário político

A corrida por vices segue como destaque no noticiário. Segundo a Folha de S. Paulo, após a recusa de Josué Alencar, o centrão já abre a possibilidade para Geraldo Alckmin escolher um candidato em uma legenda fora do grupo, a única questão é que haveria poder de veto ao nome por parte do bloco. Um dos nomes citados por integrantes do centrão, mas que é praticamente impossível de aceitar o cargo é o presidenciável Alvaro Dias.

Enquanto isso, dirigentes do PT já começam a dar como remotas as chances do partido fazer algum tipo de aliança com o PSB para as eleições. A avaliação é que a sigla deve apoiar Ciro Gomes para presidente e ainda levar junto o PCdoB.

Contato