Em mercados / acoes-e-indices

Petrobras é rebaixada por 4 bancos, ADRs sinalizam forte queda na B3; frigoríficos reduzem atividade

Confira os destaques do radar corporativo deste pregão

Pedro Parente
( José Cruz/Agência Brasil)

SÃO PAULO - Confira os destaques do radar corporativo nesta quinta-feira (24):

Petrobras (PETR4)
A companhia reduziu o preço da gasolina nas refinarias pelo terceiro dia seguido. Agora o combustível está custando R$ 2,0160/litro, contra R$ 2,0306 anteriores. O movimento representa uma redução de 3,38% em relação ao que era cobrado na terça-feira. Já o preço do diesel permanece em R$ 2,1016, após a companhia anunciar, na noite de ontem, redução de 10% e congelamento neste patamar pelo prazo de 15 dias. A decisão foi comunicada pelo presidente da estatal, Pedro Parente, em coletiva de imprensa.

A medida será aplicada apenas para o diesel e, segundo o executivo, tem como objetivo permitir que o governo e representantes dos caminhoneiros tenham tempo para negociar um acordo definitivo e evitar impactos negativos para a população e para as operações da empresa. Parente sustentou que a iniciativa tinha caráter excepcional e não representava mudança na política de preços da Petrobras. O anúncio, contudo, foi muito mal recebido pelo mercado. Na noite de ontem, os ADRs da estatal chegaram a cair mais de 10% em Nova York, fechando com recuo na casa dos 5%. A companhia teve seus ADRs rebaixados por BofA, Credit Suisse e Morgan Stanley. Os analistas do Itaú BBA também rebaixaram as ações da estatal para "market perform".

Frigoríficos
A BRF (BRFS3) teve atividades suspensas em 4 unidades por conta da greve de caminhoneiros. A Marfrig (MRFG3) informou que algumas plantas devem reduzir ou suspender produção. Segundo a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), 129 plantas de frango, suínos e bovinos paradas em função da paralisação.

Setor aéreo
Outras empresas fortemente afetadas pela paralisação são as do setor aéreo. Ontem, os papéis de Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) recuaram 5,3% e 3,5%, respectivamente. A Infraero monitora a situação do abastecimento do querosene de aviação nos diversos aeroportos do país.

TIM Participações (TIMP3)
A TIM teve suas ações elevadas de recomendação "neutra" para "compra" pelos analistas do BTG Pactual. O preço-alvo para os papéis subiu de R$ 15 para R$ 16, o que implica potencial de alta de 19% em relação ao último fechamento.

Banrisul (BRSR6)
A companhia foi elevada de "neutra" para "overweight" (desempenho acima da média do mercado) pelos analistas do JPMorgan. O preço-alvo para as ações, por sua vez, seguiu em R$ 22.

Triunfo (TPIS3)
A companhia teve pedido de recuperação judicial deferido.

Cielo (CIEL3)
A companhia anunciou que Marcelo Noronha foi eleito novo presidente do conselho de administração. O executivo é vice-presidente no Bradesco, um dos sócios controladores da companhia. Ele estava na companhia desde 2021 como vice-presidente do colegiado.

Hypera (HYPE3)
A companhia instituiu um comitê independente para apurar internamente fatos investigados pela Polícia Federal. Conforme comunicado na noite da véspera, foram indicados para coordenar o processo Antonio Luis Pizarro Manso e José Luis de Salles Freire.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

Contato