Em mercados / acoes-e-indices

Quem investiu nas 10 maiores pagadoras de dividendos da bolsa ganhou, em média, 40% ao ano de 1999 a 2015

Estudo apresentado no programa "30 minutos para se aposentar com ações" mostrou que investir em ações no longo prazo tende a ser bem melhor do que CDI, que, no mesmo período analisado, rendeu, em média, 14,6% ao ano

SÃO PAULO - É o sonho de muitas pessoas viver da renda proporcionada pelos dividendos. E alguns conseguem. Na bolsa, um dos grandes exemplos disso é o megainvestidor Luiz Barsi, que construiu fortuna nas últimas décadas investindo em boas ações e que pagassem gordos proventos (veja aqui). Mas será que isso é válido para todo mundo?

Um estudo recente produzido pelo doutor e professor Felipe Pontes, da Universidade Federal da Paraíba, e divulgado no programa "30 minutos para se aposentar com ações", da InfoMoneyTV e conduzido pelo analista Marco Saravalle, da XP Investimentos, mostrou que sim - isso mesmo no país dos juros altos, lembrando que no início do ano a Selic estava em 13,25% ao ano. 

Segundo o levantamento, quem investiu nas 10 maiores pagadoras de dividendos da bolsa entre 1999 e 2015 conseguiu um retorno acumulado médio de 40,5% ao ano, contra 19,56% do Ibovespa; e 14,61% do CDI. Há também um estudo com as 5 maiores pagadoras de dividendos. No mesmo período, essa carteira rendeu 32,5% a.a.. 

O resultado mostrou que, consistentemente, na média, investir em boas ações e que pagam bons dividendos é melhor do que o Ibovespa e, principalmente, a renda fixa (vide CDI), comentou o analista durante o programa, que é transmitido todas as sextas-feiras ao vivo às 11h40 na InfoMoneyTV.  

Vale menção que o cálculo não considerou empresas com dividend yield (dividendo sobre ação) igual a zero e aquelas com ROE (Retorno sobre Patrimônio Líquido) menor do que zero. O dividend yield também não foi considerado na conta, apenas para tomada de decisão sobre alocação. Todos os ativos tiveram o mesmo peso nas carteiras, que foram balanceadas sempre no 1° dia de abril de cada ano. 

Veja o vídeo abaixo:
*O trecho explicando o estudo dos dividendos começa a partir de 13:00

 

Contato