Em mercados / acoes-e-indices

Oferta de ações da Oi movimenta R$ 15 bi; Santander, Petrobras e mais 6 estão no radar

CPI da Petrobras segue movimentando o mercado, com base aliada do governo querendo acelerar indicação de nomes para CPI; Cyrela e Telefônica Brasil divulgam data de pagamento de dividendos

Loja Oi - Celulares - operadoras
(Divulgação)

SÃO PAULO - Após a sessão da véspera ter sido bastante agitada para o mercado acionário do Brasil, esta terça-feira (29) também promete ser bastante movimentada, com destaque para grandes empresas como Oi (OIBR4) e Santander (SANB11). 

A operadora de telecomunicações Oi deu um importante passo na véspera para a sua fusão com a parceira Portugal Telecom ao realizar uma oferta de ações que movimentou R$ 15 bilhões. 

O preço da ação preferencial na operação de aumento de capital foi definido em R$ 2, no piso da faixa de preço pretendida, informou a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) na última segunda-feira,. O preço ficou no piso da faixa de preço indicada pela empresa, de R$ 2 a R$ 2,30 por ações PN.

As ações ordinárias ficaram em R$ 2,17, equivalente a um prêmio de mais de 8 por cento em relação às ações preferenciais.

Foram negociadas um total de 7,29 bilhões de ações, sendo 2,43 bilhões de ações ordinárias e 4,86 bilhões de ações preferenciais, de acordo com dados da CVM. A previsão era que fossem ofertadas até 5,75 bilhões de ações no lote inicial e outros 2 bilhões de papéis em lotes suplementares e adicionais. 

OPA do Santander Brasil
O espanhol Santander, maior banco da zona do euro, disse nesta terça-feira que lançou uma oferta para comprar 25% das units do Santander Brasil que ainda não detém.

A aquisição, que pode chegar a 4,7 bilhões de euros (US$ 6,51 bilhões), será paga com novas ações do Santander e acionistas existentes receberão um prêmio de 20% sobre o preço de fechamento dos papéis do Santander Brasil.

CPI da Petrobras
Os partidos da base aliada do governo concordam que devem indicar os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras (PETR3;PETR4) o “mais rapidamente possível”, informou na véspera o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-PE). De acordo com ele, as indicações podem começar na próxima semana.

O senador disse que o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), vai pedir a indicação dos nomes depois de receber a notificação da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a instalação de uma comissão exclusiva. “Cada um dos partidos e dos blocos vai sentar e discutir quais são os seus nomes e rapidamente nós colocaremos a CPI em funcionamento”, informou, após reunião de líderes da base aliada no Palácio do Planalto.

Segundo o líder, não foram discutidos, durante o encontro, nem o papel nem as indicações de cada partido na comissão. “O maior bloco decide o que é melhor para ele, o PMDB naturalmente vai definir se quer a presidência ou relatoria. Nossa expectativa é que isso vai ser dividido também com os demais líderes, essa opinião vai ser ouvida também.”

Humberto Costa disse que há diferentes interpretações sobre a possibilidade de criação de uma comissão no Senado e outra mista sobre o mesmo tema, mas acredita que a Casa “está capacitada a fazer a investigação que sociedade deseja ver”.

Venezuela causa R$ 75,9 milhões de danos na Gol
A Gol (GOLL4) informou nesta segunda-feira que reconhecerá em seus resultados do primeiro trimestre uma despesa financeira R$ 75,9 milhões, devido a mudanças do câmbio na Venezuela.

O caixa da companhia aérea mantido naquele país totalizava 350,3 milhões de reais ao final de março, disse a Gol em comunicado, acrescentando que planeja repatriar o saldo remanescente de caixa.

O governo venezuelano anunciou novas taxas de câmbio aplicáveis a certas indústrias, inclusive a aérea, neste ano.

De acordo com a Gol, a Comisión de Administración de Divisas (Cadvi) que em 13 de fevereiro do ano passado correspondia a 6,3 bolívares fortes por um dólar norte-americano deixou de ser a taxa de câmbio aplicável a companhias aéreas.

A taxa de câmbio, que é agora estabelecida em leilões semanais conhecidos como Sistema Complementario de Administración de Divisas (Sicad), correspondia a 10,70 bolívares fortes por dólar em 31 de março.

"Embora o governo venezuelano tenha assegurado ao público em geral que tais taxas não se aplicarão ao dinheiro em circulação no país antes da resolução que estabeleceu as novas taxas de câmbio, não podemos prever se seremos capazes de transferir tempestivamente e de forma economicamente viável nosso caixa até então mantido na Venezuela", disse a companhia, que desta forma resolveu reconhecer a despesa.

Ambev realiza aumento de capital privado
A Ambev (ABEV3) realiza aumento de capital privado de R$ 352,7 milhões para capitalizar parte do benefício fiscal gerado pela reserva de ágio.

A operação será homologada caso atinja o patamar mínimo de R$ 218,3 milhões. Cada ação será emitida a R$ 16,09, referente ao fechamento do dia 31 de janeiro, dia este em que foi auferido o benefício fiscal em questão.

Os acionistas que tinham papéis ao fim do pregão da véspera poderiam participar da operação, na proporção de R$ 0,140 ação para cada papel já detido. O direito de preferência poderá ser exercido entre 30 de abril e 29 de maio.

Brasil Brokers elege novo presidente
A Brasil Brokers (BBRK3) informou na véspera que Plínio Augusto de Serpa Pinto foi eleito pelo conselho de administração da companhia como o novo presidente, em substituição a Sergio Newlands Freire.

Além de Plínio, foram reeleitos Julio Cesar Garcia Piña Rodrigues para o cargo de diretor de operações e Silvio Roberto Vieira Almeida para o cargo de diretor financeiro, de controle e de relações com investidores.

O mandato dos diretores ora eleitos será de dois anos, expirando-se na primeira reunião do conselho de administração após a realização da AGO (Assembleia Geral Ordinária) da companhia que deliberará a respeito das contas do exercício social findo em 2015.

Telebras terá contrato de R$ 110 mi com Ministério para Copa
A Telebras (TELB3;TELB4) afirmou na véspera que, por meio de sua subsidiária Telebras Copa, terá contrato com o Ministério das Comunicações para fornecer serviços de telecomunicações e transporte de dados para a transmissão de áudio e vídeo durante a Copa do Mundo 2014, no valor global aproximado de 110 milhões de reais.

Cyrela: valores de dividendos serão disponibilizados até 27 de junho
A Cyrela (CYRE3) comunicou aos seus acionistas que os dividendos declarados pela AGO realizada em 28 de abril de 2014, no valor de R$ 0,423071253 por ação, a título de dividendo mínimo obrigatório, serão disponibilizados pela companhia até o dia 27 de junho de 2014 aos titulares de ações de emissão da Companhia em 28 de abril de 2014. 

Telefônica Brasil iniciará pagamento de dividendos em 27 de maio
Já a a Telefônica Brasil (VIVT4) comunicou que iniciará em 27 de maio de 2014 o pagamento dos dividendos aprovados na AGO realizada em 23 de abril atribuídos aos detentores de ações ordinárias e preferenciais da companhia com posição acionária ao final daquela data, no montante de R$ 132,538 milhões. Serão pagos R$ 0,110682844154 por ação ON e R$ 0,121751128569 por ação PN. 

(Com Agência Brasil e Reuters)

 

Contato