Estreia na Bolsa

Após chegar a subir 6%, ação da Plano & Plano (PLPL3) fecha estável em seu pregão de estreia na B3

Companhia captou R$ 690 milhões em oferta pública inicial de ações

SÃO PAULO – As ações da incorporadora Plano & Plano (PLPL3) fecharam o pregão de estreia na B3 estáveis, a R$ 9,40, após chegarem a subir 6,28% (R$ 9,99) na máxima do dia. O volume negociado foi de R$ 118,9 milhões.

Nesta semana, a companhia precificou suas ações a R$ 9,40 por papel em sua oferta inicial (IPO). O valor ficou abaixo da faixa indicativa de preço entre R$ 11,25 e R$ 15,25, com a captação de R$ 690 milhões.

Os recursos líquidos provenientes da oferta pública de ações vão ser destinados integralmente para capital de giro e para aquisição de terrenos.

PUBLICIDADE

A Plano & Plano, subsidiária da Cyrela (CYRE3), foi criada na década de 1990, é voltada para imóveis de baixa renda e está presente em 17 cidades nos Estados de São Paulo, Maranhão e Rio Grande do Norte.

A companhia nasceu em 1997 com foco nas atividades de prestação de serviços de engenharia e construção para os segmentos de médio e alto padrão. Em 2003, ela passou a atuar também em faixas mais econômicas, aderindo ao plano Minha Casa, Minha Vida.

Em 2006, foi firmada uma joint venture com a Cyrela sendo que, em 2009, passou a operar somente na produção de habitação popular.

A Plano & Plano realizou 20 lançamentos em 2019, correspondentes a 7.035 unidades, totalizando R$ 1,2 bilhão em Valor Geral de Vendas (VGV) e um VSO (vendas brutas antes do distrato dos últimos doze meses, sobre o total ofertado no período) de 42,3%.

Full Trader: série exclusiva mostra do que você precisa para se tornar um trader consistente na Bolsa. Clique aqui e garanta seu acesso gratuito