Em educacao / guias

Sabendo lidar com o lixo, é possível economizar e ajudar o planeta

Além de evitar o desperdício, você pode vender materiais recicláveis ou produzir peças com eles, garantindo uma renda extra

SÃO PAULO - Todos os dias, acumulamos uma quantidade enorme de lixo. Seja durante as refeições, seja no caminho para casa ou mesmo no trabalho, sempre temos um papelzinho ou resto de comida para jogar fora.

Mas, apesar de comum, este hábito de jogar tudo no lixo pode ser prejudicial à natureza e ao seu bolso, caso não seja feito com inteligência e responsabilidade.

Aproveite melhor as coisas
Por isso, quem quer economizar e proteger o planeta deve tomar alguns cuidados, como aproveitar integralmente os alimentos. Isso porque muitos talos, folhas, sementes e cascas têm grande valor nutritivo e podem se tornar uma refeição ao invés de serem jogados fora.

Além disso, ao comprar produtos no supermercado, prefira os que utilizam pouca embalagem ou aqueles cujos recipientes podem ser reaproveitados, como é o caso dos potes de sorvete, copos de requeijão e vidros de maionese.

Lembre-se ainda de levar sua sacola de casa, quando for à feira ou às compras, para evitar que milhares de sacolinhas plásticas parem no lixo. Caso não abra mão delas, aproveite para carregar coisas ou colocar o pouco lixo que você irá produzir.

Certos itens não devem ser jogados...
Artigos como lâmpadas, pilhas, baterias, restos de tintas e produtos químicos nunca devem ser descartados em meio ao lixo comum, por conta dos riscos que oferecem. Por isso, as empresas que produzem tais produtos estão sendo obrigadas, por lei, a recolhê-los.

Os remédios, vencidos ou não, também não podem ser jogados, uma vez que podem ocorrer reações químicas com outros itens. Desta maneira, quando quiser "se livrar" dos medicamentos, leve-os a um posto de saúde, que dará o destino correto.

Evite ainda colocar roupas, livros e outros bens que você não usa mais e que estão em bom estado no lixo. Prefira doar ou vendê-los, o que ainda poderá lhe render um dinheiro extra.

Recicle!
Procure separar o lixo e encaminhar os plásticos, vidros e metais para a reciclagem. Caso não haja uma campanha em seu prédio, informe-se com a prefeitura de sua cidade ou com alguma empresa do ramo como proceder. Outra dica é vender as latinhas, papelões e jornais.

E caso você tenha habilidades manuais, ainda pode aproveitar seu lixo reciclável para gerar uma nova fonte de renda. Um exemplo são os anéis das latas de refrigerante e cerveja, que podem se transformar em bolsas, blusas ou enfeitar panos de prato.

 

Contato