Em educacao / guias

<i>Market maker</i>: conheça mais sobre os formadores de mercado da Bovespa

Ao todo, dezessete empresas que negociam ações na Bovespa se utilizam do serviço, geralmente prestado por corretoras

SÃO PAULO - O Market Maker, ou Formador de Mercado, tem ganhado importância na Bovespa, com diversas empresas já contando com uma ou mais instituições garantindo um patamar mínimo de liquidez para suas ações. Atualmente já são 28 empresas e um fundo de índice que contam com este serviço.

Para as empresas e para o investidor, a vantagem é evidente: muitos papéis, principalmente de companhias de menor porte ou com menos liquidez que outras empresas de seu segmento, passam a contar com melhores condições de liquidez.

Características dos Market Makers
Cada Formador de Mercado pode se credenciar para representar mais de uma ação ou debênture de empresas diferentes, ou mesmo mais de um ativo por empresa.

Há duas formas diferentes de um formador de mercado desempenhar sua função: sendo autônomo ou contratado. No primeiro caso, o Formador de Mercado não possui nenhum vínculo com a empresa emissora dos ativos, com seus controladores ou mesmo grandes detentores de ações.

Já quando contratado, o formador de mercado firma um contrato com a empresa emissora das ações, ou com o grupo controlador, ou com qualquer detentor de ativos que o deseje contratar.

Como identificar as ofertas
Em papéis de maior liquidez, as ofertas do Formador de Mercado se misturam às outras de forma bastante natural. Já em ações menos líquidas, a identificação das ofertas de compra e venda do Market Maker é evidente.

Usualmente, esta trata-se do mesmo lote na compra e na venda, com um intervalo de preços entre 2,50% e 5,00%, sendo que, não necessariamente, a oferta do Formador de Mercado é a melhor do book.

Como para papéis de liquidez restrita é comum existirem poucas ofertas listadas no livro, apontar qual delas se refere à do Market Maker, ou seja, aquela com mesmo lote na compra e na venda, é trivial.

UBS Pactual e Ágora Senior lideram este mercado
A corretora Agora Sênior e o UBS Pactual lideram este mercado. A primeira atua para empresas como Unibanco, Suzano Papel, OHL Brasil, Klabin Segall, Pão de Açúcar, Eternit, Energias do Brasil, além do fundo de índice PIBB.

Já o banco de investimentos UBS Pactual é líder neste segmento, atuando como formador de mercado para CCR, Positivo Informática, PDG Realty, Iguatemi, M Dias Branco, Datasul, Lupatech, Equatorial Energia, UOL, Saraiva Livraria, Rossi Residencial, CPFL Energia, Localiza, Porto Seguro, Suzano Petroquímica, ALL Logística, Idéias Net e TAM.

Completam a lista as corretoras Bradesco (Grendene), Codepe (Celpe), Gradual (Renar Maçãs), e Indusval, agindo como agente autônomo para a Eternit, única empresa até agora com mais de um Market Maker para seus papéis.

 

Contato