Volta às atividades

SP permitirá eventos sociais a partir de 17 de agosto; feiras corporativas e museus estão na lista

Alguns eventos poderão funcionar sem testagem nem capacidade máxima de público, desde que continuem seguindo protocolos

SÃO PAULO – O governo do estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (4) a liberação de eventos sociais a partir de 17 de agosto. Entre esses eventos sociais estão congressos, convenções, exposições em museus e feiras corporativas. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Os eventos poderão funcionar sem testagem nem capacidade máxima de público, desde que continuem seguindo protocolos como uso de máscara, distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas e higiene.

Mesmo assim, alguns eventos ainda não estão permitidos: os que tenham público em pé, torcidas e pistas de dança. Seria o caso de eventos esportivos com público, shows de grande porte e festas em casas noturnas, por exemplo. Segundo o governo estadual, tais eventos só serão permitidos a partir de 1º de novembro e também seguindo protocolos.

“Não estamos liberando geral. Não há liberação geral a partir de 17 de agosto, mas gradual, segura, com protocolos. Ainda estamos enfrentando a pandemia e o processo de vacinação”, alertou João Doria (PSDB), governador do estado de São Paulo. “Mas os índices de casos, de ocupação em leitos de UTI e de óbitos vêm caindo, felizmente, o que nos permite flexibilizar de forma segura e cuidadosa.”

Leia mais
Estado de São Paulo tem 53% das cidades sem óbitos por Covid-19 na última semana

Flexibilização do Plano São Paulo

O anúncio vem na esteira de uma flexibilização do Plano São Paulo, prevista também para a partir de 17 de agosto. Haverá a extinção dos limites de horário e ocupação dos estabelecimento, desde que seja respeitado o uso de máscara, de álcool em gel e o distanciamento social de um metro.

Até o dia 16 de agosto, os estabelecimentos podem funcionar com 80% de capacidade e até as 24h. De autoria do governo estadual, o Plano São Paulo regulamenta as atividades econômicas ao longo da pandemia de Covid-19.

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se grátis e participe.