Problemas com a vacina?

Pessoas com “histórico de reação alérgica significativa” são recomendadas a não tomar a vacina da Pfizer, alerta agência britânica

Segundo o NHS, serviço de saúde pública do Reino Unido, houve dois casos de reações alérgicas ao imunizante na última terça-feira (8)

(REUTERS/Tatyana Makeyeva)

SÃO PAULO – Nesta quarta-feira (9), a Medicines and Healthcare Products Regulatory Agency (MHRA), agência reguladora do Reino Unido, emitiu um alerta para que as pessoas que apresentem um “histórico de reação alérgica significativa” a vacinas, remédios ou alimentos não tomem a vacina da Pfizer contra Covid-19.

Segundo o NHS, serviço de saúde pública do Reino Unido, houve dois casos de reações alérgicas ao imunizante na última terça-feira (8), primeiro dia de vacinação da região.

No relatório, a MHRA definiu reações alérgicas significativas como aquelas semelhantes à anafilaxia – um tipo de reação alérgica grave e potencialmente fatal – e estendeu a recomendação a pessoas que precisam carregar adrenalina auto injetável. Além disso, determinou que a vacinação deve ser feita apenas em locais onde houver possibilidade de reanimar os pacientes.

Leia também: Idosa de 90 anos é a 1ª a receber a vacina contra a Covid-19 no Reino Unido

Ao jornal britânico The Guardian, Stephen Powis, diretor médico do NHS, disse que possíveis reações alérgicas são comuns e esperadas com novas vacinas, mas, por precaução, o MHRA está recomendando que pessoas com histórico evitem o imunizante – pelo menos por ora.

Ainda segundo o direto médico, os dois casos de reação alérgica registrados foram leves e ambos os pacientes estão se recuperando bem. Segundo informações do The Guardian, esses dois pacientes são servidores públicos do NHS.

O NHS, em seguida, disse que todos envolvidos com o programa de vacinação foram informados do ocorrido – e, por isso, todos com previsão de receber a vacina nesta quarta (9) serão questionados sobre histórico de reações alérgicas.

Treinamento gratuito: André Moraes mostra como identificar operações com potencial de rentabilidade na Bolsa em série de 3 lives – assista!