O que rolou?

Notícias da semana: um app que paga para você andar, aumento no diesel e mais

Grindr abrindo capital, um tênis de R$ 10 mil, a união entre Gol e Avianca e as outras notícias que movimentaram o noticiário da semana

Por  Mariana Amaro -

R$ 447 bi de rendimento

Como o governo federal é o maior acionista da Petrobras, quanto melhor o desempenho da companhia, mais dividendos entram para a União. Mas a empresa não repassa apenas um pedaço do lucro. Entre janeiro de 2019 e março deste ano, a Petrobras já injetou nos cofres públicos R$ 447 bilhões, levando em conta além dos dividendos, os impostos e royalties. Os números estão nos relatórios fiscais da companhia. Essa dinheirama toda equivale a cinco vezes o orçamento do Auxílio Brasil previsto para este ano.

E o diesel subiu para R$ 4,91

Depois de 60 dias, a Petrobras anunciou um aumento no preço do diesel de R$ 4,51 para R$ 4,91 por litro – uma alta de 8,87% para as distribuidoras. O governo estuda um subsídio para o diesel e outras medidas para caminhoneiros. Os preços da gasolina e do gás de botijão não terão aumento. Por enquanto. (risos nervosos)

Greve pela frente?

Caminhoneiros voltaram a discutir uma paralisação nacional por causa do reajuste no diesel anunciado pela Petrobras. Profissionais autônomos do Espírito Santo anunciaram, na quarta-feira (11), que vão entrar em greve. A ver.

Criptocilada?

Foi uma semana de fortes emoções para quem investe em moedas digitais. A criptomoeda Luna perdeu 97% do seu valor em questão de dias: caiu de US$ 120 para menos de US$ 0,2. O colapso da Luna contaminou o mercado mas a sexta-feira, 13, ao contrário do que pensariam os supersticiosos, foi de recuperação. O Bitcoin subiu forte e chegou a retomar o patamar de US$ 30 mil.

Deliberação nº 257

Fazer o bem dá retorno. E podemos provar: motoristas que não cometerem infrações de trânsito por 12 meses terão descontos em impostos e tarifas. Para receber benefícios, o condutor deverá dar autorização prévia para ser cadastrado no Registro Nacional Positivo de Condutores. A informação consta na Deliberação nº 257 que foi publicada na segunda-feira (9). Entenda, na matéria do InfoMoney, como a medida vai funcionar. 

US$ 2,1 bi

O Grindr, aplicativo de encontros popular na comunidade LGBTQ+ vai abrir o capital por meio de um fusão com a Tiga Acquisition, em um acordo que avalia a empresa combinada em US$ 2,1 bi (mais que o valor de mercado da Embraer, que está em US$ 1,8 bi atualmente). Com o processo, o Grindr levará cerca de US$ 380 milhões para pagar dívidas e fortalecer o seu balanço.

US$ 43,4 bilhões a mais na conta

O indiano Gautam Adani, conhecido como o rei da infraestrutura no país asiático conquistou uma posição para dar inveja até em Elon Musk. Adani é a pessoa que mais ganhou dinheiro no mundo este ano. Com a valorização das suas ações, sua fortuna aumentou em US$ 43,4 bilhões e o levou à posição número seis na lista dos mais ricos do mundo. Saiba quem é Adani e conheça mais da sua fortuna no perfil publicado no InfoMoney. 

Prejuízo de mais de R$ 140 mil

Um celular furtado de um agente de talentos provocou um prejuízo de mais de R$ 140 mil. Isso porque os bandidos conseguiram invadir as contas bancárias da vítima, que viu seu dinheiro desaparecer ao longo de todo o fim de semana. Depois de levar a história para as redes sociais, o desfecho acabou feliz para a vítima do furto. Para você não passar por isso, o InfoMoney preparou uma reportagem sobre o que fazer para se proteger. 

Expansão da Otan à vista?

A Finlândia afirmou nesta quinta-feira (12) que entrará com um pedido para ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) “sem demora”, e a Suécia deve fazer o mesmo. A decisão dos dois países nórdicos de abandonar a neutralidade que mantiveram durante a Guerra Fria seria uma das maiores mudanças na segurança da Europa em décadas. Moscou considerou o anúncio da Finlândia uma ameaça direta à Rússia e ameaçou retaliação

Tênis surrado da Balenciaga

Vítima da moda

A grife espanhola Balenciaga lançou moda e polêmica. O tênis detonado, furado e sujo foi batizado de Paris Sneaker (muito parecido com o sapato de qualquer adolescente depois de um fim de semana de carnaval, festival, ou afins) e foi colocado à venda por R$ 9,5 mil. A edição limitada do sapato para qualquer avó colocar defeito, claro, foi uma jogada de marketing. A ideia é mostrar que os sapatos da grife “duram para sempre”.

Atenção, senhores passageiros

A Gol e a Avianca passarão a ser controladas por um mesmo grupo. O acordo foi assinado na quarta-feira (11) e dará origem a uma nova holding, o Grupo Abra. Para os passageiros, nada muda. As empresas dizem que continuarão com atuação independente.

Investimento em… cemitério

Calma, não estamos sugerindo que o leitor compre um terreno para seu “descanso eterno”. Estamos falando de um Fundo Imobiliário, uma espécie de condomínio de investidores – cada um investe o quanto quiser/puder e o fundo compra imóveis ou títulos atrelados ao setor. Um deles, especificamente, o Brazilian Graveyard and Death Care (CARE11) investe justamente em cemitérios, jazigos e serviços funerários e teve um dos melhores maiores desempenhos no ano, com um retorno de 35% só em maio. 

#TáPago

Fazer uma caminhada diária pode render muito mais que saúde. O aplicativo Sweatcoin transforma a contagem de passos em recompensas. A cada 1.000 passos, o app dá uma unidade da sua moeda digital interna que, ao menos ainda, não pode ser trocada por dinheiro. Mesmo assim, é possível trocar as recompensas por produtos e serviços ou ainda fazer doações para organizações parceiras.

Adeus

O iPod vai parar de ser fabricado. E a nossa pergunta é: ele ainda era fabricado? Brincadeiras à parte, reconhecemos a importância desse aparelhinho lançado em 2001 para a indústria da música.


Parte deste conteúdo foi enviado, com exclusividade, aos assinantes da newsletter IMpulso, a resenha semanal do que importa para o seu bolso. Inscreva-se grátis para receber todas as quintas-feiras.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe