Imunizante

Coronavírus: novo estudo mostra que Coronavac é efetiva contra variante de Manaus

Pesquisa envolveu mais de 67 mil profissionais de saúde da capital amazonense e revelou que vacina tem 50% de efetividade contra variante P.1

Coronavac, vacina produzida em parceria com a China
A CoronaVac é a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e pelo Instituto Butantan (Divulgação)

SÃO PAULO — Um estudo do grupo Vebra Covid-19, que envolveu mais de 67 mil profissionais de saúde de Manaus, revelou que a Coronavac, vacina produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, é 50% efetiva em evitar adoecimentos pela variante P.1 após 14 dias da primeira dose. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Os dados revelados ainda contemplam apenas os efeitos após a vacinação com a primeira dose. Os efeitos da segunda dose devem ser revelados mais para frente.

Leia também:

Em entrevista à Folha, Julio Croda, coordenador do estudo, afirmou que os resultados são encorajadores e que demonstram a efetividade das vacinas contra novas variantes.

O Vebra Covid-19 é formado por pesquisadores do mundo inteiro, incluindo do Fiocruz, da Universidade de Brasília, da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, da Yale School of Public Health e da Stanford.

A variante brasileira

A variante P.1, chamada também de variante de Manaus ou variante brasileira, foi descoberta pelo governo do Japão em janeiro de 2021, após quatro viajantes com passagem pelo Amazonas desembarcarem no país. O Fiocruz, alguns dias depois, também identificou a nova cepa do vírus.

Segundo pesquisadores, a transmissibilidade da nova variante é maior que a do coronavírus original. Por isso, a nova cepa rapidamente se tornou a principal forma de contrair Covid-19 em Manaus: apenas em janeiro, 91% dos casos na capital amazonense originaram da variante P.1.

Quer descobrir como é possível multiplicar seu capital no mercado de Opções? O analista Fernando Góes te mostra como na Semana 3×1, evento online e 100% gratuito. Clique aqui para assistir.