Dados de emprego

Brasil cria 328,5 mil empregos formais em fevereiro, acima do esperado, segundo Caged

O dado de fevereiro é resultado de 2,013 milhões de contratações e 1,685 milhão de desligamentos

Por  Reuters -

BRASÍLIA (Reuters) -O Brasil abriu 328.507 vagas formais de trabalho em fevereiro, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta terça-feira pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

O resultado veio bem acima da criação líquida de 210 mil postos projetado por analistas em pesquisa Reuters.

O dado de fevereiro é resultado de 2,013 milhões de contratações e 1,685 milhão de desligamentos. Foi o segundo melhor resultado para o mês da série iniciada em 2010, perdendo apenas para 2021, quando o saldo foi de 397.915 postos.

No mês, houve saldo positivo de vagas em todos os setores mapeados. O melhor resultado ficou com serviços, com abertura de 215.421 postos, seguido da indústria, com 43.000. Houve criação de 39.453 empregos formais na construção, 17.415 na agropecuária e 13.219 no comércio.

Leia também:

No recorte regional, o Sudeste criou 162.442 vagas no mês e o Sul abriu 82.898 postos. O saldo ficou em 40.930 no Centro-Oeste, 28.085 no Nordeste e 12.727 no Norte.

No acumulado dos dois primeiros meses do ano, foram abertas 478.862 vagas, sobre criação de 651.756 postos em igual período de 2021.

Com relação ao salário médio de contratação, houve recuo em fevereiro após alta registrada no mês anterior. O valor ficou em 1.878,66, ante 1.939,80 em janeiro.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe