Preços em alta

BC da Índia eleva taxa básica de juros de 4,4% para 4,9%, visando inflação

A autoridade monetária do país espera a inflação fique em 6,7% no ano fiscal, que começou em abril, acima da previsão anterior de 5,7%.

Por  Estadão Conteúdo -

O banco central da Índia (RBI, na sigla em inglês) elevou a taxa básica de juros do país de 4,4% para 4,9% nesta quarta-feira, 8, em uma tentativa de conter o aumento da inflação. Seis dos oito economistas consultados pelo The Wall Street Journal esperavam que o banco central aumentasse a taxa de recompra em meio ponto porcentual, enquanto um previa um aumento de 40 pontos-base e o outro não projetava nenhuma mudança.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da Índia em abril aumentou 7,79% em relação ao ano anterior, após um aumento de 6,95% em março, em comparação com a meta do banco central de 2% a 6%. O comitê de política monetária realizou uma reunião não programada em maio e decidiu por unanimidade aumentar sua taxa em 40 pontos base para 4,40%.

O RBI espera a inflação do país em 6,7% no ano fiscal, que começou em abril, acima da previsão anterior de 5,7%. O banco central continua esperando que a economia cresça 7,2% neste ano fiscal, disse ele. Fonte: Dow Jones Newswires.

Transforme seu FGTS em investimento: use até 50% do seu FGTS para investir na Eletrobras, a maior empresa de energia da América Latina.

Compartilhe