Já está lidando com o darwinismo digital?

Saiba como liderar sua organização de olho no futuro antes que seus concorrentes o aniquilem

O darwinismo digital ameaça hoje a maioria das organizações em quase todos os setores. Nunca ouviu falar em darwinismo digital? Mau sinal, você pode estar sendo ultrapassado por um concorrente neste momento e não ter a mínima ideia de que isto está acontecendo. O darwinismo digital é o fenômeno pelo qual a tecnologia e a sociedade evoluem mais rapidamente do que a capacidade da organização para se adaptar a este movimento. Há muitas razões para isso, é claro. A questão central é que cabe aos líderes do negócio ter de desatar os nós que impedem a empresa de avançar para o futuro. Esses nós estão em sistemas, nos processos e nas pessoas.

A tecnologia é parte da vida das pessoas. Isto as torna consumidores mais bem informados, ao mesmo tempo em que as “empodera”. Basta dizer que o site Reclame, criado pelo arquiteto Mauricio Vargas, em 2003, tem hoje 90 000 empresas cadastradas, sendo que mais de 90% delas responde às queixas dos consumidores imediatamente. Além de serem mais exigentes, os consumidores pede mais atenção, mais personalização, mais eficiência. Esse papo vai além de corresponder às expectativas dos compradores – e não é apenas para empresa B2C. Vale também para o seus funcionários. Competir e ser bem sucedido requer um novo jeito de olhar para o negócio. À medida que o comportamento dos consumidores e dos empregados evoluem, e seus concorrentes se organizam para atender às demandas deles, suas ações e reações selam o destino da sua organização.

É deste processo que trata o darwinismo digital. A saída para lidar de forma saudável com este processo é por meio da transformação digital. A tecnologia usada de forma adequada permite lidar com as mudanças de comportamentos de clientes e fornecedores, na medida em que permite adequar processos e sistemas para atender 24/7, de forma personalizada e flexível. Sem contar que a tecnologia, quando bem utilizada, permite identificar e explorar oportunidades que podem não estar no radar da sua empresa.

Parece fácil, não?
A verdade é que não é fácil nem simples virar a chavinha e começar a transformação digital. O CIO luta para dar eficiência aos processos e sistemas existentes. Os gerentes se digladiam para superar modelos de gestão ultrapassados e absorver um novo conjunto de competências para liderar uma força de trabalho cada vez mais móvel e remota. Os profissionais de marketing, vendas e atendimento estão perdendo contato com o cliente, pois estão desavisados sobre as novas demandas e necessidades do consumidor.

A consultoria Capgemini e a escola de negócios do Massachusetts Institute of Technology (MIT) se debruçaram sobre estas questões para entender que desafios às organizações enfrentam em virtude do darwinismo digital. As conclusões desta pesquisa foram publicadas, em 2012, no estudo “Transformação Digital: Um roteiro para organizações de bilhões de dólares.” Em resumo, segundo a Capgemini e o MIT, descobriram que a transformação digital pode ser desdobrada em três áreas principais: 1) a experiência do cliente, 2) processos operacionais e 3) modelos de negócios.

O estudo também identificou nove elementos que definiram cada um dos três pilares. Eles são como se segue:

Experiência do Cliente
1) Compreensão do cliente
2) Crescimento de receitas
3) Pontos de contato do cliente

Processo operacional
4) Processo de digitalização
5) Trabalhador mais bem treinado
6) A gestão de desempenho

Modelo de negócio
7) Negócios digitalmente modificados
8) Novo negócio digital
9) Globalização Digital

Empresas de sucesso, que buscam a transformação digital, incorporam diversos destes elementos em sua maneira de fazer negócios e trabalhar. Já existem empresas se posicionando para auxiliar as organizações neste processo. Entre elas estão à própria Capgemini, a McKinsey e starups como o +Digital Institute. Baixe o estudo “Transformação Digital: Um roteiro para organizações de bilhões de dólares” aqui http://bit.ly/1Bm2cSZ. Comece já a transformação digital na sua empresa.

As organizações que fazem o melhor uso das tecnologias digitais são mais produtivas, lucrativas e valem mais. Venha fazer parte deste time de empresas campeãs. Para saber mais e inscrever sua empresa agora, acesse http://web.infomoney.com.br/premio-empresa-digital-2015