Setor automotivo

Vendas de veículos da Tesla caem no 2º trimestre após surto de Covid-19 em fábrica

Gigante dos carros elétricos fundada por Elon Musk produziu 258.580 veículos no segundo trimestre ante 305.407 no primeiro

Por  Estadão Conteúdo -

As vendas de veículos da Tesla desaceleraram, no segundo trimestre deste ano, após um surto de Covid-19 paralisar a maior fábrica da empresa em Xangai, na China, e ampliar as pressões sobre as cadeias produtivas globais.

A empresa informou ter entregue 254.695 automóveis a clientes nos três meses encerrados em junho, após 310.048 entregas entre janeiro e março. Analistas consultados pela FactSet esperavam cerca de 264 mil vendas no período. A desaceleração trimestral é a primeira em mais de dois anos.

Leia também:
Tesla demite ao menos 200 funcionários nos EUA

Além do fechamento da indústria na China, a Tesla teve problemas também para acelerar novas fábricas na Alemanha e no estado americano do Texas. Assim, a gigante dos carros elétricos fundada por Elon Musk produziu 258.580 veículos no segundo trimestre, ante 305.407 no primeiro.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe