Em 2010, tentativas de fraude contra consumidores atingiram R$ 7,2 bilhões

Levando-se em conta apenas o mês de dezembro, a ação dos fraudadores aumentou em 8,1%, ante o mês imediatamente anterior

SÃO PAULO – Em 2010, o número de tentativas de fraude envolvendo consumidores atingiu um total de R$ 7,2 bilhões, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Risco de Fraude, divulgado nesta segunda-feira (31).

Levando-se em conta apenas o mês de dezembro, a ação dos fraudadores aumentou em 8,1%, ante o mês imediatamente anterior.

No último mês do ano passado, as tentativas de fraudes atingiram R$ 691,1 milhões, o maior valor mensal do ano, superando os R$ 662,5 milhões registrados em maio do ano passado.

Resultados
Saiba como foi a trajetória do registro realizado pela Serasa ao longo de 2010, conforme mostra a tabela abaixo:

 Indicador de Risco de Fraudes 
Mês / 2010R$ milhões
Janeiro529,4
Fevereiro503
Março596,8
Abril602,6
Maio662,5
Junho529,8
Julho620,2
Agosto611,4
Setembro580,1
Outubro592,3
Novembro639,1
Dezembro691,1

 

Exposição
Na avaliação dos técnicos da Serasa, a época de final de ano contribui para o aumento do movimento dos consumidores no varejo, expondo-os a maiores riscos de fraudes uma vez que as oportunidades para os fraudadores aplicarem seus golpes são mais frequentes.

Para chegar à conclusão final, os especialistas da instituição analisam o total de consultas de CPFs efetuado mensalmente na Serasa, estimativa do risco de fraude e o valor médio das fraudes efetivamente ocorridas.