Realocação

CVC (CVCB3) diz que atua para suprir demanda após suspensão temporária das operações da Itapemirim

Com a suspensão, a CVC tem buscado atender seus clientes de forma ativa e emergencial desde o início do incidente, afirmou a empresa

Por  Equipe InfoMoney -

A CVC (CVCB3) informou nesta segunda-feira (20) que atua para suprir demanda após suspensão temporária de suas operações aéreas da Itapemirim Transportes Aéreos (ITA).

Com a suspensão, a CVC tem buscado atender seus clientes de forma ativa e emergencial desde o início do incidente, afirmou a empresa.

A companhia informou que, ao longo do final de semana, logrou êxito na disponibilização de voos fretados adicionais e na reacomodação de seus clientes em voos junto a outras companhias aéreas parceiras, bem como disponibilizou canais de atendimento exclusivos para seus clientes.

“A CVC Corp, em respeito aos clientes e parceiros, continuará envidando esforços, de forma proativa e célere, para minimizar os impactos e contratempos decorrentes das circunstâncias acima explicitadas”, destacou em comunicado.

Às vésperas da temporada de fim de ano, o Grupo Itapemirim anunciou na sexta-feira (17) que suspendeu “temporariamente” as operações da companhia aérea ITA para uma “reestruturação interna”. Segundo a empresa, a decisão foi tomada por necessidade de ajustes operacionais, e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foi informada.

“A companhia irá dedicar o máximo esforço para, em breve, retomar seus voos”, diz o comunicado. Aos funcionários, a empresa afirmou que eles devem procurar o departamento de recursos humanos, a partir de segunda-feira, para terem mais informações.

A interrupção dos voos da ITA levou a uma procura desenfreada por voos em outras companhias aéreas, de pessoas que foram surpreendidas com a notícia de que todos os voos da empresa estavam cancelados.

(com Estadão Conteúdo)

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe