Problemas na data

Black Friday: Magalu registra instabilidade e AliExpress cobra mais no carrinho

Algumas empresas estão enfrentando problemas

arrow_forwardMais sobre
Loja do Magazine Luiza
Funcionário do Magalu

SÃO PAULO – Desde que esta sexta-feira (29) de Black Friday começou, as grandes varejistas estão entre as mais reclamadas no ranking do ReclameAqui. Na verdade, é natural, considerando que são players líderes de mercado, e movimentam volumes altos de acessos.

O Magazine Luiza enfrentou momentos de instabilidade no acesso. O InfoMoney entrou em contato com a assessoria da empresa que informou que o problema começou com o alto acesso de usuários durante o show transmitido no YouTube por meio do aplicativo da marca, o que gerou a lentidão.

A assessoria confirmou a instabilidade no site, porém argumentou que os efeitos foram sentidos pelos consumidores na noite da última quinta-feira (28).

PUBLICIDADE

“Na véspera da Black Friday, e nesta sexta-feira, o Magalu recebeu cerca de 30 mil interações de clientes, entre dúvidas, comentários e reclamações. A empresa fez uma força-tarefa com quase mil funcionários para atender todas essas demandas”, diz, em nota.

Segundo a empresa, o tempo médio de espera do cliente nos diversos canais de atendimento foi de menos de 1 minuto com índice de satisfação acima de 92% com a solução oferecida.

No entanto, o print abaixo foi tirado nesta sexta-feira (29). Questionada, a empresa informou que “foi algo pontual, e que nada foi reportado”.

 

(Reprodução/Magalu)

Segundo o Reclame Aqui, instabilidade e lentidão nos sites eram responsáveis por 4,64% das reclamações nesta sexta-feira até 13h. Propaganda enganosa é o tipo de problema mais encontrado pelos usuários com 36,93% das reclamações do site, considerando o mesmo período.

Ainda, problemas na finalização da compra (13,93%) e divergência de valores (8,75%) também estão na lista de maiores reclamações do dia.

PUBLICIDADE

E são exatamente esses problemas que usuários estão encontrando no AliExpress. Ao escolher um produto, na hora que o mesmo vai para o carrinho, o preço aumenta, chegando a dobrar em alguns casos. O InfoMoney recebeu apenas esse exemplo de usuários, mas entrou em contato com a assessoria da empresa, que explicou que “não detectou nenhum problema” e que precisaria de mais dados para entender o que aconteceu neste caso.

Veja:

(Reprodução/AliExpress)

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça.