"Black das Blacks"

Black Friday do Magazine Luiza se inspira em Dia do Solteiro chinês com até 70% de desconto

Para especialista, o Magalu vem se mostrando a varejista melhor preparada para a Black Friday no país

Tela de celular com Magazine Luiza
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Além do Super App, o Magazine Luiza resolveu se inspirar em outra criação chinesa nesta Black Friday: o Dia do Solteiro, celebrado em 11 de novembro no país asiático. Por lá, além das promoções, as varejistas promovem grandes shows e eventos com alguns artistas conhecidos.

A partir das 22h30 desta quinta-feira (28), o Magazine promove duas horas de atrações para abrir sua Black Friday em um evento chamado de Black das Blacks, com artistas como Ludmilla, Simone e Simaria e Pabllo Vittar e apresentação de Luciano Huck. Haverá transmissão ao vivo no Multishow e no YouTube, com intuito de atrair mais clientes, incluindo os menos digitalizados.

Leia também:
A estratégia da Via Varejo para bater a concorrência na Black Friday

Black Friday Brasil chega à 10ª edição para perder o estigma de “fraude”

PUBLICIDADE

Os descontos de até 70% nas lojas físicas e online abrangerão 12 milhões de produtos, de acordo com a varejista, que classificou o evento como “maior Black Friday da história”. O aplicativo da empresa, vertical que vem sendo desenvolvida com maior enfoque nos últimos meses, terá “papel de destaque”.

“Nosso propósito maior é contribuir para digitalizar o brasileiro”, diz Ana Paula Rodrigues, diretora de marketing do Magalu. “Aumentamos muito a diversidade de produtos que oferecemos no nosso superapp. Com isso, incentivamos o nosso cliente a experimentar as facilidades e vantagens do mundo digital”, complementa.

Para Alexandre Van Beeck, sócio-diretor da consultoria de varejo GS&Consult, o Magalu vem se mostrando a varejista melhor preparada para a Black Friday no país graças ao trabalho intenso na operação omnicanal. “A empresa alcançou um nível de maturidade realmente diferenciado nos últimos cinco ou seis anos, e o cliente já começa a valorizar mais essa relação na hora da compra”, avalia. “A partir do momento que um player se destaca nos serviços adicionais, como entrega, atendimento e experiência, isso faz diferença na tomada de decisão”.

No ano passado, a varejista vendeu o equivalente a 15 dias normais durante a Black Friday, com destaque para TVs, smartphones, geladeiras, máquinas de lavar e móveis. Por outro lado, graças ao grande volume de vendas, também foi um dos nomes que receberam maior volume de reclamações no Procon.

Seja sócio das maiores empresas da Bolsa sem pagar corretagem. Abra uma conta na Clear.