Aeroporto de Porto Alegre não deverá reabrir antes de setembro, diz jornal

Nível da água ainda é alto e não foi possível avaliar o tamanho dos danos no aeroporto

Equipe InfoMoney

(Divulgação/Fraport)

Publicidade

A Fraport, operadora do aeroporto de Porto Alegre, deverá renovar a suspensão de voos no Salgado Filho por, pelo menos, mais 90 dias, segundo o colunista Jocimar Farina, do jornal Zero Hora.

O aeroporto de Porto Alegre está inundado desde o início de maio, quando as enchentes no Rio Grande do Sul se agravaram. Nesta terça-feira (14), o nível de água é superior a 1,70 metros de altura.

O prazo de reabertura do aeroporto já foi prorrogado pela Fraport quatro vezes, segundo o colunista.

Continua depois da publicidade

Ainda não é possível avaliar o tamanho dos danos sofridos na pista, equipamentos e nas edificações do Salgado Filho. Somente quando a água diminuir poderá ser feito um levantamento para avaliar os danos e o investimento necessário para restaurar o aeroporto.

Com o novo prazo, a Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) determinou que as companhias aéreas suspendam as vendas de passagens que estavam abertas para os meses de julho a setembro.

Voos para o RS

Atualmente, os voos comerciais para o Rio Grande do Sul estão indo para Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, e para cidades do interior.

Continua depois da publicidade

No sábado (11), três companhias aéreas (Gol, Latam e Azul) operaram com voos para os municípios gaúchos de Passo Fundo, Santo Ângelo e Caxias do Sul. Na última segunda-feira (13), os voos foram para Passo Fundo, Santa Maria, Uruguaiana e Caxias.

A malha aérea emergencial do Rio Grande do Sul irá funcionar da seguinte forma: