A importância das plataformas de negociação no day trade

Neste artigo, gostaria de falar sobre o uso de plataformas para fazer as operações de day trade

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre
Day Trade
(Crédito: Getty Images)

Em meu último artigo, descrevi como abrir conta em uma corretora. É por meio dela que suas operações de investimentos são realizadas. Na própria página da corretora, você tem acesso ao home broker, no qual pode enviar ordens e fazer investimentos em diversos ativos, em diferentes formas e modalidades.

Em primeiro lugar, dependendo no que e como você vai investir, é preciso se perguntar se uma plataforma de negociação é necessária. Na plataforma, podemos ver gráficos e informações mais complexas sobre o que está acontecendo, nos ajudando a tomar nossas decisões para comprar ou vender um ativo.

A Clear Corretora, sempre inovadora, tem um home broker que possui gráfico e interface muito bacana para quem não quer contratar uma plataforma para investir. Assim, você pode acompanhar na própria página da corretora os gráficos de candles, utilizado por mais de 80% dos traders para tomar decisões nas operações.

Mas por que as pessoas ainda usam plataformas de negociação? Simples. As plataformas possuem uma quantidade imensa de recursos, a possibilidade de usar muito mais indicadores, diferentes formas de acompanhar a cotação do preço dos ativos, entre muitas melhorias que vêm sendo implementadas.

No caso dos day traders, acho indispensável ter uma plataforma de negociação. Ela permite uma agilidade imensa para a execução dos trades, o que é fundamental, principalmente, para os traders que realizam operações do tipo scalp, que podem levar alguns segundos ou minutos.

As plataformas ainda ajudam muito na fase do aprendizado, pois você pode usar uma conta simulação para treinar suas estratégias. Então, é possível utilizar a mesma plataforma em que você irá fazer seus trades em uma conta que não vale nada. E, quando for para a conta real, basta mudar a conta de processamento e usar a mesma plataforma, executando tudo da mesma maneira.

Acho esse um recurso sensacional para quem está começando. Você pode aprender sem colocar seu dinheiro em risco. É claro que você também não ganha, mas pode treinar sua estratégia para realmente ter habilidade e conhecimento de como executar com seu dinheiro de verdade na sua conta real.

Outro recurso sensacional das plataformas é mostrar a estatística do seu trade. As plataformas trazem muitos dados sobre suas operações, e você pode usá-los para melhorar sua performance e, assim, conseguir evoluir, se aprimorar e ganhar mais dinheiro.

É importante estudar seus trades e sempre buscar pontos para melhorar. As plataformas já trazem vários dados prontos para análise dos seus trades e permite a extração em uma planilha, caso você queira fazer outras estatísticas que precise. Mas as plataformas já trazem o preço de entrada, quanto “negativo” você ficou em um trade, qual o ganho, quantos pontos, qual o tempo que levou na operação e muitas outras informações que nos ajudam muito.

Um último recurso que ajuda muito é o replay. Você quer estudar no final de semana e o mercado está fechado, mas você pode usar o replay para simular qualquer dia do mercado, estudar e treinar sua técnica. Acredite, se você realmente quer ser um trader, vai passar muitos finais de semana fazendo replays e estudando.

Agora que você já entendeu que um day trade provavelmente irá usar uma plataforma para operar, a pergunta para tudo nessa vida é: quanto isso vai me custar?

A boa notícia que trago é que a Clear Corretora não cobra pelas plataformas de negociação, desde que você realize pelo menos uma operação por mês na sua conta real, com sua RLP ativa. Show demais isso, não?

Você pode ter a mesma plataforma usada por profissionais sem pagar nada, fazendo apenas uma operação por mês na sua conta. Lembrando também que a Clear não cobra taxa de corretagem, ou seja, você pagará somente as taxas da Bolsa para fechar sua negociação.

Falando em taxas, agora que estamos em época de Imposto de Renda, vou deixar para abordar mais detalhes sobre o tema em meu próximo artigo!

 

Ariane Campolim

Ariane Campolim é produtora de conteúdo na Clear Corretora. Atua como investidora desde 2015, principalmente como trader. Antes de trabalhar no setor, ela foi analista de tecnologia do Itaú Unibanco. É formada em física médica pela UNESP e cursou pós-graduação em negócios e gestão de pessoas no Insper