Tinder, Itaú, Oi ou funerária chinesa: qual o investimento mais controverso?

Nunca antes na história deste podcast você ouviu análises tão variadas sobre ações.

arrow_forwardMais sobre

Controversas, alternativas, emocionantes, exóticas e internacionais.

Assim são as diversas teses de investimentos que os convidados do episódio 21 do Stock Pickers trouxeram para nossos ouvintes.

Fernando Araújo, da FCL, explicou sua carteira, que tem ações da proprietária do Tinder, e de uma funerária chinesa (além de papéis mais conservadores, como FLRY3).

PUBLICIDADE

Já Luiz Aranha, da Moat, voltou aos nossos microfones para corajosamente defender papéis que vêm apanhando, e muito dos seus colegas: OIBR3 e ITUB4.

É só escutar e escolher de qual lado da polêmica você vai ficar.

Apresentado por Thiago Salomão, analista da Rico Investimentos, e Renato Santiago, o Stock Pickers vai ao ar toda quinta-feira às 19h. Você pode seguir e escutar pelo Spotify, Spreaker, Deezer, iTunes e Google Podcasts.

Renato Santiago

Renato Santiago é jornalista, coordenador de conteúdo e educação do InfoMoney