Fechar Ads

Big GDP (“PIBão”, em inglês)

PIB americano surpreende para cima; Livro Bege segura expectativas.
Por  Alexandre Aagesen
info_outline

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

PIBão. Never bet against América. PIB forte de novo, puxado por consumo. Como diria Bobby McFerrin, “… The landlord says your rent is late he may have to litigate. Don’t worry, be happy”. Está com problema com seu aluguel nas alturas? Não se preocupe, gaste mais. Juros nas máximas dos últimos 15 anos? Não se preocupe, compre mais. Compre mais, a ponto de o único detrator do PIB americano ser importações. Meaning, estão importando mais que exportando, via consumo. Na hora, curva abriu (principalmente curta), bolsas em queda e pânico. Boa notícia é má notícia. Fed vai ter que dar mais juros. Pânico, pavor, corram para as montanhas.

Mas, quem procura motivo pra comprar bolsa, sempre acha. No meio da tarde saiu o Beige Book, compilado de dados mais qualitativos levantados pelos Feds regionais. Assim como nas últimas edições, dados mostraram mais fraqueza na economia e, se boa notícia era má notícia no parágrafo anterior, nesse aqui má notícia vira boa notícia. Mercados se recuperaram, ainda que não totalmente. No final, os operadores esperam que em dezembro o Fed vá manter os juros parados e em março ou maio já começa a cortar.

Para hoje vale ainda ficar de olho no PCE nos EUA (dado de inflação favorito do Fed); na Venezuela juntando exércitos perto da fronteira com a Guiana (potencialmente problemático); a PL das Offshores que foi aprovada no Senado, agora vai à sanção presidencial (se passar ainda esse ano, em 2024 já está valendo); e o Milei, na Argentina, que definiu seu Ministro da Economia e seu embaixador para o Brasil. Dois revolucionários anarco-capitalistas, você deve imaginar. Longe disso: o ministro da Economia foi presidente do BC no governo Macri, já foi ministro das finanças e fez carreira no JP Morgan; o embaixador, é Peronista, indicado pelo Alberto Fernández para a cadeira atual e foi vice-presidente no governo Néstor Kirchner. ¡Pragmatismo, ca**jo!

Ficou com alguma dúvida ou comentário? Me manda um e-mail aqui.

Alexandre Aagesen Com mais de 15 anos de mercado financeiro, é CFA Charterholder, autor do livro "Formação para Bancários", host do podcast "Mercado Aberto" e Investor na XP Investimentos

Compartilhe

Mais de One Page

One Page

O balanço de Nvidia

Depois do pregão, vamos acompanhar de perto o balanço (e o guidance) de Nvidia. Os números e, principalmente, os desdobramentos secundários