Como se planejar financeiramente para a Copa do Mundo

Copa deve ser momento de festa, mas com consciência, para não virar preocupação.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

 

Estamos a 14 dias de sediar a Copa do Mundo e, por esse motivo, os preços de quase tudo estão muito acima da média. Mas, se a sociedade como um todo não foi educada financeiramente, o que esperar, então, da situação econômica dela após o evento?
 
É normal que as pessoas gastem mais nessas épocas de festa, assim como em datas comemorativas, por isso, é importante ter uma orientação de como se planejar financeiramente, para que esse momento de diversão e descontração não se torne um verdadeiro pesadelo nos próximos meses.
 
Comprar ingresso, fazer festa, comer e beber em restaurantes com amigos para assistir aos jogos ou ainda adquirir uma nova televisão, são atitudes bacanas, mas, fazer tudo isso sem se programar, pode significar um endividamento, ou pior, fazer com que se torne um inadimplente.
 
Então, na verdade, o primeiro passo é saber da situação financeira em que se encontra. Consciência e planejamento devem ser as palavras de ordem. Só com essas atitudes será possível ter ciência do que pode ou não fazer para assistir aos jogos e torcer. 
 
Caso já tenha se programado para esse evento, parabéns! Se estiver pensando em assistir a algum jogo fora da cidade/estado e aproveitar para viajar com a família ou os amigos, pesquise bem os preços de passagens e estadia. Assim como, se for comprar uma TV nova, por exemplo, também é preciso pesquisar para, se for possível, comprar à vista e com desconto.
 
É possível curtir esse momento sem ter que ficar com o orçamento financeiro dos meses seguintes comprometidos. Eduquem-se financeiramente e torçam tranquilamente nessa Copa!

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros), autor de vários livros e criador da Metodologia DSOP de Educação Financeira.