Uma Conquista Orgulhosamente Compartilhada

Desta vez, no entanto, por mais congestionada que esteja a fila de assuntos prioritários que pretendo desenvolver nas demais categorias deste blog, não posso deixar de registrar a conquista da Taça Libertadores da América por parte do Clube Atlético Mineiro, agremiação esportiva que patrocinamos com especial carinho.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Vez por outra acrescento um tópico à categoria “Esporte” deste blog. Faço isso com menos freqüência do que gostaria, porque, como mencionei no texto “Recompensa de Ouro” – publicado em setembro de 2012 para comemorar o sucesso das nossas meninas do vôlei nas Olimpíadas de Londres – atribuo grande importância ao esporte como fator de formação de cidadãos saudáveis, socialmente ajustados e comprometidos com objetivos e resultados. Assuntos momentosos na área da economia e da política, assim como novidades importantes do mercado imobiliário – que constitui o foco principal deste espaço – têm impedido que eu trate mais vezes de temas relacionados com o esporte. Isso, apesar do longo envolvimento do Grupo MRV com o patrocínio de agremiações e atletas dedicados às modalidades do voleibol, do basquete, do tênis, do automobilismo e do futebol, desde a década de 1990, conforme já destaquei em depoimento pessoal publicado em 31 de janeiro deste ano sob o título “Marketing Esportivo”.

Desta vez, no entanto, por mais congestionada que esteja a fila de assuntos prioritários que pretendo desenvolver nas demais categorias deste blog, não posso deixar de registrar a conquista da Taça Libertadores da América por parte do Clube Atlético Mineiro, agremiação esportiva que patrocinamos com especial carinho. Foi uma campanha memorável. Impossível evitar o sentimento de emoção e orgulho ao ver ou rever as cenas em que a nossa marca aparece associada aos lances de defesas quase milagrosas, de avanços taticamente coordenados de atletas disciplinados e empenhados e de gols decisivos. Mais emocionante ainda foi ver as três letras que nos identificam, nas camisas envergadas por milhares de torcedores obstinados e confiantes, em arquibancadas brasileiras e estrangeiras, consolidando o clima de empatia coletiva com a nossa marca. Parabéns, Galo. Parabéns, torcedores atleticanos. 

Rubens Menin