AO VIVO Especialista responde como a flexibilização trabalhista na pandemia afeta a sua vida; assista e mande suas perguntas

Especialista responde como a flexibilização trabalhista na pandemia afeta a sua vida; assista e mande suas perguntas

tempo

Veja como não se entediar no trabalho

Esse sentimento é péssimo para o rendimento profissional e, principalmente, para a concentração dos funcionários

SÃO PAULO – O tédio é uma epidemia no local de trabalho. De acordo com a pesquisa da University of Central Lancashire, no Reino Unido, uma em cada quatro pessoas sofre de tédio crônico no trabalho. Esse sentimento é péssimo para o rendimento profissional e, principalmente, para a concentração dos funcionários.

A pesquisa realizada com 102 trabalhadores revelou que para 80% dos profissionais, o tédio causa perda de concentração no trabalho e 50% deles afirma que esse aborrecimento faz com que os erros sejam frequentes. Metade dos profissionais também considera que o estado de tédio também seria uma razão para deixar o seu atual emprego.

Segundo Sandi Mann, autora da pesquisa, uma das principais causas de tédio no emprego é a falta de desafios. Ela afirma que os chefes devem demandar mais responsabilidades para motivar seus funcionários.

PUBLICIDADE

Para lidar com a mesmice no ambiente de trabalho, muitos profissionais decidem comer chocolate e tomar café, além de participar do “happy hour” depois do expediente. Os trabalhadores disseram também que ficam mais dispostos quando bebem álcool no fim de um dia chato de trabalho.

Veja mais matérias de Carreiras no Universia.