Trabalhadores do varejo de SP receberam, em média, R$ 1.237 em dezembro

De acordo com a Fecomercio, segmento de Lojas de Departamento foi o que pagou mais (R$ 2.160)

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No último mês de 2009, os ganhos médios nominais dos trabalhadores do comércio varejista paulistano ficaram em R$ 1.237.

De acordo com a Fecomercio-SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), as atividades que registraram os maiores salários foram aquelas ligadas às Lojas de Departamento e os menores ganhos foram registrados no segmento Supermercados (Alimentos e Bebidas).

Altos e baixos
Em dezembro, os ganhos do segmento de Lojas de Departamento ficaram, em média, em R$ 2.160. Apesar de oferecer o maior salário do comércio registrado no último mês de 2009, o segmento foi o que menos empregou em dezembro: criou 271 novas vagas.

Aprenda a investir na bolsa

O menor salário médio nominal do comércio varejista de São Paulo ficou com o segmento Supermercados (Alimentos e Bebidas), onde o trabalhador recebeu em dezembro R$ 1.049. O segmento, por sua vez, foi o que mais criou vagas no último mês de 2009 (+1.544).

A pesquisa revelou ainda que, em dezembro, o segmento de Lojas de Eletrodomésticos e Eletroeletrônicos pagou, em média, R$ 1.691 ao trabalhador desse segmento.

O segmento de Concessionárias de Veículos pagou um pouco menos, R$ 1.590. E os trabalhadores do varejo do segmento de Autopeças e Acessórios receberam, em média, R$ 1.308 em dezembro.