Trabalhador poderá contar com “seguro emprego”

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, estuda junto ao FAT, medida que visa garantir o emprego; medida não afetará seguro desemprego

SÃO PAULO – Está em estudo, no Ministério do Trabalho, ferramenta que deverá estimular a geração e a manutenção da empregabilidade. Segundo o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, os trabalhadores poderão contar com seguro emprego.

De acordo com a Agência Brasil, o seguro será implantado ainda este ano, mas sua viabilidade está sendo analisada pelo FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Por estar em análise, Lupi não quis dar detalhes do projeto.

Seguro-desemprego

Lupi destacou que a nova medida, para conter o desemprego em época de crise, não invalidará o seguro-desemprego. Segundo ele, o direito é importante e traz benefícios reais para a economia e para o trabalhador. “Mas ele acaba sendo uma consequência. Nós temos que trabalhar agora para que a gente garanta a empregabilidade do trabalhador brasileiro com várias medidas”.

PUBLICIDADE

Além disso, o ministro esclarece que o seguro emprego garantirá maiores recursos para o seguro-desemprego. Dessa forma, segundo ele, os trabalhadores seriam duplamente beneficiados. “Garante o emprego dele, garante para o empresário algum benefício. E garante para o trabalhador a cidadania do seu emprego”.

Boas perspectivas

Com relação ao índice de desemprego para os primeiros meses deste ano, o ministro demonstrou certo otimismo, apesar de adiantes que janeiro e fevereiro ainda apresentarão ainda números ruins, devido as consequências da crise.

No entanto, apesar do ministro esperar que o emprego no País sofra queda com relação a 2008, para ele, o índice não acompanhará “o alarmismo que alguns querem colocar. O Brasil vai passar por essa fase bem”, afirmou.