Sindicatos aprovam a decisão do governo com relação ao salário mínimo

Para sindicalistas, a proposta de R$ 619,21 respeita acordo feito entre as centrais e o governo da presidente Dilma Rousseff

SÃO PAULO – O governo da presidente Dilma Rousseff propôs salário mínimo de R$ 619,21 para o Orçamento Geral da União de 2012. Na avaliação dos sindicalistas, a proposta respeita o acordo feito entre as centrais e o governo.

De acordo com a Agência Brasil, o presidente da CUT (Central Única de Trabalhadores), Arthur Henrique, informou que a fórmula de valorização do salário mínimo é uma conquista dos trabalhadores.

Segundo Henrique, o valor ainda é uma proposta provisória, pois os números da infração não estão fechados e podem influenciar no fechamento final.

PUBLICIDADE

Salário mínimo ideal
De acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), o valor ideal do salário mínimo para atender as necessidades básicas do cidadão, com base no que a Constituição Federal determina, é de quase R$ 2.280 em agosto. Esse valor deve ser suficiente para cobrir despesas como aluguel, alimentação, lazer, entre outras.

Segundo o secretário-geral da Força Sindical, João Carlo Gonçalves, o próximo passo é discutir o aumento para aposentados que ganham acima do salário mínimo.