AO VIVO VP da Raia Drogasil conversa ao vivo com gestor; veja stock picking acontecendo na prática

VP da Raia Drogasil conversa ao vivo com gestor; veja stock picking acontecendo na prática

Setor de bens de consumo foi o que mais contratou executivo no quadrimestre

Na comparação com o mesmo período de 2009, estudo aponta que contratações mais do que dobraram

SÃO PAULO – O setor de bens de consumo liderou o ranking de recrutamento de executivos no primeiro quadrimestre deste ano no Brasil. De acordo com um levantamento realizado pela Fesa, o segmento foi responsável por 30% das vagas entre janeiro e abril.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o estudo aponta que houve um crescimento de 138% na contratação desses profissionais, o que significa que as contratações mais que dobraram. 

“Além de haver uma demanda reprimida por novos profissionais que teve de ser reposta com a retomada da economia, o setor de bens de consumo está ganhando novos investimentos e players”, explica o sócio da Fesa, Denys Monteiro.

PUBLICIDADE

Outros setores
Na sequência dos responsáveis pelas contratações de executivos, aparece o segmento de serviços financeiros, com 15%. Já os setores de high-tech – que inclui TI (Tecnologia da Informação) e Telecom – e Life Sciences (Serviços Médicos, Indústria Farmacêutica, Hospitais, entre outros) abriram 13% das vagas, cada um.

O setor da Construção Civil e Engenharia abriu 8% dos postos de trabalho para executivos no período, enquanto no segmento de Energia, a porcentagem foi de 7%.

De acordo com a pesquisa, apesar do setor Automotivo ser responsável apenas por 3% das vagas, ele é um dos destaques de potenciais de contratações de executivos.