AO VIVO Aprenda a se proteger das armadilhas do trading e gerir seu risco no mercado

Aprenda a se proteger das armadilhas do trading e gerir seu risco no mercado

Sem data para votar reajuste de aposentados, oposição barra trabalhos na Câmara

Governo não anunciou nenhuma data para votação do PL 01/07, que prevê mesmo reajuste do mínimo a todos os aposentados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A oposição vai manter a obstrução aos trabalhos do Plenário da Câmara dos Deputados, já que o governo não anunciou uma data para votação do Projeto de Lei 01/07, que concede às aposentadorias acima do mínimo o mesmo reajuste do piso.

A informação foi dada pelo líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado (GO), ao deixar reunião de líderes nesta terça-feira (24).

O PL 01/07 já foi aprovado no Senado, mas tramita na Câmara dos Deputados no mesmo momento em que a casa avalia os projetos relacionados à exploração de petróleo na camada do pré-sal.

Pré-sal

Aprenda a investir na bolsa

Durante a reunião, a oposição criticou a decisão do governo de mudar a ordem de votação dos projetos do pré-sal, segundo informou a Agência Câmara.

“A União está concentrando todos os recursos e criando um estado totalitário. Cada vez mais deputados vão ver que é preciso mudar essa situação”, disse Caiado.

O primeiro projeto a ser votado é o que institui o regime de partilha para a exploração do pré-sal e que consagra a Petrobras a única operadora da camada. A intenção inicial era votar primeiro o projeto que estabelece regras para a capitalização da estatal.

O líder do PT, Cândido Vaccarezza (SP), disse que é preciso definir primeiramente o modelo de exploração do pré-sal – partilha ou concessão – para depois estabelecer como será feita a capitalização da empresa e como serão divididos os royalties da produção.