Salário em comissão: você e seu orçamento encarariam este desafio?

Para responder a esta pergunta é preciso considerar sua personalidade, como estão suas finanças e a opinião da família

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A possibilidade de ganhar um cheque num alto valor instiga as pessoas a partir para os trabalhos remunerados por comissão. A perspectiva de ganhar muito dinheiro em um bom mês pode ser tentadora. Mas existem riscos que envolvem esta prática, especialmente para aqueles acostumados a um pagamento sólido.

Por isso, antes mesmo de pensar em trocar seu emprego por um em que o salário é pago por comissão, é melhor pensar em alguns tópicos, além de seu orçamento.

Considere sua personalidade

Trabalhar por comissão requer relacionamentos estáveis, além de uma boa capacidade de lidar e construir relações de confiança com clientes. Por este motivo é que as pessoas mais introvertidas podem não se dar bem nesta área.

Aprenda a investir na bolsa

Para ter sucesso ao trabalhar com comissão, é preciso transmitir confiança e saber se relacionar com qualquer personalidade. Serão os clientes que garantirão boa comissão ao final do mês, já que serão o alvo de vendas, e se suas características pessoais não o deixam ser acessível a eles, pode ter certeza que a troca de um emprego com salário fixo pelo comissionado poderá ser um fracasso.

É preciso gerenciar as expectativas

Embora uma atitude otimista seja importante para que você tenha ânimo, suas expectativas devem ser sensíveis. É possível que demore seis meses até que você feche um grande negócio e, por isso, dependerá apenas do fixo muito baixo, em alguns casos pago, ou de nada.

Apesar do nervosismo, é preciso saber que negócios demoram a ser fechados. Se você não tiver capacidade emocional e financeira em lidar com esta situação, é melhor pensar antes de arriscar a troca.

Orçamento deve estar em ordem

Para realizar a troca, o orçamento deve estar em ordem, pois pode ser que você não conquiste o rendimento mensal com o qual contava. Além disso, é bom ter uma reserva de emergência, já que você pode não ganhar nada nos primeiros meses, em que os contatos são feitos.

Na troca de um emprego com salário fixo pelo comissionado, o primeiro ponto a ser analisado são as finanças. Você conseguirá manter seu orçamento em dia? Contará com a ajuda de alguém num primeiro momento? Caso as respostas sejam negativas, é melhor esperar ao se endividar. Pense que seu orçamento também deverá estar preparado para a mudança.

Informe a família

Por mais que você não acredite, ou não aceite, sua família está totalmente relacionada ao seu trabalho. Isso porque, além de alguns membros dela dependerem de seu salário, se algo de ruim o acontecer são eles que irão ajudar.

PUBLICIDADE

Por isso, se tomar a decisão por mudar de emprego e começar a receber por comissão, eles devem ser informados. O balanço no orçamento, pelo menos por alguns meses, será sentido por eles também e as atitudes para voltar ao equilíbrio deverão envolvê-los.